Blog do Diário2020-09-04T11:51:41-03:00

Blog do Diário


Neste espaço, os editores do site vão dizer tudo o que pensam sobre o passado, o presente e o futuro do Santos Futebol Clube.

1406, 2021

Santos precisa multiplicar, não somar

Fernando Diniz pediu a contratação de Camacho (Crédito: Ivan Storti/SabtosFC) Depois de três vitórias seguidas, sendo duas diante do Cianorte (uma equipe de Série D) e uma sobre o Ceará, o empate em 0 a 0 diante do Juventude no último sábado, na Vila Belmiro, deu um freio na empolgação do torcedor mais iludido do Santos. O jogo em si, a entrevista coletiva do técnico Fernando Diniz e as últimas notícias envolvendo o clube voltam a gerar uma preocupação grande para a disputa do Campeonato Brasileiro. Claro que o Santos não vai ser campeão, nem está muito perto de lutar por vaga na Libertadores, mas o cenário deixa um clima de apreensão para a competição. O Santos fez três jogos contra times, no máximo, do mesmo nível, sendo dois deles na Vila Belmiro, e somou apenas quatro pontos. Está na 12ª colocação e se prepara para uma sequência de quatro jogos contra times que tem pretensões bem maiores no Brasileirão (Fluminense e [...]

2705, 2021

Uma escolha muito difícil para o Santos

Carlos Sánchez ainda não renovou o contrato com o Santos (Crédito: Ivan Storti/SantosFC) Reconstrução! Esse foi o mantra do Santos após a eleição de Andres Rueda em dezembro de 2020. Com três dos quatro últimos presidentes expulsos até do quadro de sócios do clube (e com o quarto, de mandato tampão, no mesmo caminho), a reconstrução não era só uma palavra bonita, mas uma necessidade. Existiam alguns caminhos para a reconstrução. O Christian, meu sócio, venderia todo mundo e começaria do zero. O Barcelona, em momento parecido, optou pela teoria do círculo virtuoso (escrevi sobre isso aqui), que também seria a minha. O Santos optou pelo caminho de menor risco financeiro, mas com grande risco esportivo. E o risco esportivo já foi visto no Campeonato Paulista, com a pressão de ter de vencer o último jogo para não ser rebaixado pela primeira vez. Na Libertadores, o time foi eliminado na fase de grupos pela primeira vez desde 1984. Essa informação da Libertadores [...]

2205, 2021

O Santos precisa se dar ao respeito

Santos precisa entender o seu tamanho (Crédito: Divulgação) Primeiramente, é bom deixar claro que esse não é um texto de torcedor, daqueles doentes, tão fanáticos que muitas vezes se desconectam da realidade. Dito isso, as pessoas que dirigem o clube nunca podem esquecer que o Santos é uma das maiores instituições brasileiras, o brasileiro mais conhecido do mundo e, por isso, precisa se dar ao respeito. Nas últimas semanas, muitas notícias, verdadeiras ou não, apontaram para um clube muito fragilizado, uma instituição menor, o pobre coitadinho. Profissionais que deveriam levantar as mãos para o céu ao receberem um convite para trabalhar no Santos recusaram o clube (ou supostamente recusaram). Como se eles fizessem um favor ao clube caso aceitassem o convite, quando a grande maioria ou totalidade dos nomes divulgados teria muito mais a ganhar do que o contrário. Para exemplificar, na questão do técnico podemos começar com o Cuca. Estava há um ano fora do mercado, teve o convite para [...]

105, 2021

O projeto esportivo do Santos não pode naufragar

As alternativas para a administração do Barcelona em 2003 (Crédito: Reprodução) O técnico Ariel Holan pediu demissão do Santos na noite de domingo e na manhã deste sábado o clube ainda não escolheu o seu substituto. Espera anunciar até domingo o treinador e um novo executivo de futebol para tocar o planejamento feito para o departamento. O pedido de demissão de Holan pegou todo mundo de surpresa, é verdade, mas as decisões esportivas do clube não podem demorar tanto. O projeto esportivo da atual administração não pode naufragar. Nenhum torcedor duvida das boas intenções da atual gestão, claramente percebemos méritos no ponto de vista administrativo e financeiro, mas é o momento de olhar para o campo e dar uma atenção maior, uma prioridade. Não é preciso fazer loucuras, mas também não é preciso fazer economia burra. Não precisa confundir velocidade com pressa, mas também não dá para confundir cautela com demora. O Santos teve quatro péssimas administrações nos últimos nove anos, [...]

2804, 2021

A primeira gestão de crise da Era Rueda

Rueda precisa administrar a primeira gestão de crise no Santos (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) O projeto administrativo do Santos na gestão de Andres Rueda dá sinais muito positivos, como a tão elogiada coletiva dos 100 dias há pouco mais de suas semanas. No entanto, o projeto esportivo se perdeu nos últimos dias, culminando com a saída do técnico Ariel Holan, contratado para liderar um trabalho de 3 anos. Em quatro meses, Andres Rueda precisa administrar sua primeira crise. Primeira porque certamente outras acontecerão, como é comum no futebol brasileiro. E acho que, surpreendentemente, a gestão de crise começou muito mal (ou nem começou). Eu digo que é surpreendente porque Andres Rueda é um profissional do mercado corporativo. O seu Comitê de Gestão tem pessoas como Walter Schalka, CEO da Suzano, e José Berenguer, CEO da XP. No mundo corporativo gestão de crise é uma coisa natural, corriqueira. Ao menos os três citados precisaram dar um caminho para o clube. Para escrever [...]

2704, 2021

Meu técnico seria o Fernando Diniz. Entenda

Fernando Diniz também já dirigiu o Fluminense (Crédito: Divulgação/Fluminense) Acompanho o trabalho do Fernando Diniz desde muito antes dele aparecer na "grande mídia" ou nos grandes times do Brasil e despertar uma raiva, muitas vezes incompreendida por mim, na imprensa e na torcida. Em 2010, eu trabalhava no Red Bull Brasil e nós perdemos o título da Copa Paulista para o Paulista de Jundiaí, dirigido por Fernando Diniz e com Hernane Brocador no ataque. Foram dois empates em 1 a 1 na decisão, sendo o segundo com um gol do Paulista, o do título, no último lance. Era o segundo título consecutivo de Diniz na competição (ele havia sido campeão em 2009 pelo Votoraty). Em 2012, nos reencontramos de novo, na Série A-2. No confronto pela sexta rodada, o Red Bull Brasil, dirigido pelo ex-goleiro santista Sérgio Guedes, venceu o Atlético Sorocaba, de Fernando Diniz e Luan (ex-Atlético-MG), por 1 a 0, mas nós não ficamos entre os oito e o [...]

Ir ao Topo