Blog do Diário 2017-12-04T17:31:01+00:00

Blog do Diário


Neste espaço, os editores do site vão dizer tudo o que pensam sobre o passado, o presente e o futuro do Santos Futebol Clube.

1107, 2018

Santos deixa imagem ruim no México

Depois de muito tempo, o Santos viajou para o exterior em uma pré-temporada ou inter-temporada. Porém, a aventura santista no México deixou uma imagem ruim dentro e pior fora de campo. O primeiro plano de "internacionalização" da marca do presidente José Carlos Peres foi frustrado. Vamos começar com uma análise dentro de campo. Em dois jogos, o Santos do "DNA ofensivo", o "time histórico de Pelé" (como foi até divulgado no México), não fez um gol. Perdeu para o Monterrey (terceiro colocado no último campeonato mexicano) e empatou com o Querétaro (14o colocado). Jair Ventura tentou opções de esquemas diferentes, mas o time mostrou os mesmos problemas do primeiro semestre, especialmente na criação das jogadas. Sem os reforços sonhados e sem alguns dos titulares, a viagem nem como preparação para o clássico contra o Palmeiras serviu. Após o primeiro jogo o técnico Jair Ventura ainda reclamou da falta de tempo para treinar e o time fez apenas um treino leve antes do segundo. Lucas [...]

2106, 2018

Contratar sim, mas sem fazer loucuras

Nos últimos dias, os pedidos dos torcedores santistas não pararam. Robinho, Diego, Ganso, Zelarayán... são muitos os nomes debatidos nas redes sociais, pelo whatsapp, twitter ou qualquer que seja o canal. Nas lives dos Diário do Peixe, perguntas sobre contratações chegam a todo minuto. Entendo a torcida e, como santista, também estou ansioso, mas não podemos errar nos nomes. Não é porque o clube receberá uma boa quantia financeira com a primeira parcela da venda de Rodrygo e a possível grana de Lucas Veríssimo que agora estamos ricos e podemos trazer qualquer um. O elenco é enxuto – conta hoje com apenas 29 atletas – e precisamos de reforços, mais de 3 pelos menos! Mas não pode ser qualquer um ou um medalhão que agora quer os nossos milhões. Precisamos contratar atletas que cheguem para jogar, que não tenham só status, mas condições de serem titulares. Além disso, precisam ser nas posições certas. Homens de meio campo são a nossa maior necessidade. Alison está [...]

706, 2018

“Raios eternos”

Por Paulo Rogério de Carvalho, especial para o DIÁRIO DO PEIXE Pelos cantos da Vila Belmiro sempre surgem os chamados raios, desde Pelé a Rodrygo! Mas a pergunta que eu faço é: por que não potencializar mais raios ou aspirantes a raios? Venho estudando algumas categorias de base no Brasil e no exterior e uma delas achei bem similar com a do nosso querido Santos. O Futebol Clube do Porto se assemelha bem e está em uma cidade proporcionalmente semelhante à cidade de Santos. Tive o prazer de ter contato com o responsável pelo departamento de Futebol/Pedagógico, Angelo Santos. Poderia citar inúmeras ações, mas vou destacar uma: Ele me confidenciou que não é demérito nenhum copiar projetos de sucesso e simplesmente implantou e melhorou um sistema criado pelo Alemães com ênfase no R.E.D.E, Registro de Empenho e Desenvolvimento Educativo, sigla criada pelo Porto. Em resumo, consiste em acompanhar de forma mais personalizada o jogador, englobando num espaço informações de áreas importantes para seu desenvolvimento. [...]

406, 2018

Prova de fogo para o Santos em Itaquera

O Santos teve uma grande atuação na partida deste domingo, contra o Vitória. Além do brilho individual do garoto Rodrygo, a vitória mostrou um Renato ainda importante para a equipe, um Diego Pituca em crescimento e até mesmo a volta do Vanderlei de 2017. A pergunta que fica é: a atuação foi somente mérito do Santos ou fruto da fragilidade do adversário? Acho que devemos esperar a partida de quarta-feira, contra o Corinthians, na Arena Corinthians, em São Paulo, para responder. O rival, em seu pior momento no ano, é o 8º colocado. Também precisa de uma vitória para espantar a crise. Será uma prova de fogo para o Santos. Nesta terça-feira, o Peixe vai completar dois meses sem uma vitória fora de casa. A última aconteceu diante do Estudiantes, na Argentina, pela Copa Libertadores, dia 5 de abril. Além do histórico recente ruim como visitante, o Santos precisa provar que é capaz de vencer grandes jogos, como aconteceu no Paulista e na Libertadores. [...]

106, 2018

Jair Ventura, vamos encarar a realidade

O trabalho de Jair Ventura no Santos é muito ruim. São 13 derrotas em 31 jogos, 11 partidas sem marcar um golzinho sequer, duas vitórias no Campeonato Brasileiro, ambas em casa contra os dois piores times na classificação, Ceará e Paraná Clube. O treinador defende o seu trabalho com as classificações na Copa Libertadores e na Copa do Brasil. No primeiro, não conseguiu fazer gol no Real Garcilaso e só conseguiu a vaga com uma vitória inesperada diante do Estudiantes, na Argentina, em jogo com atuação espetacular do goleiro Vanderlei, que fez diversos milagres. Na Copa do Brasil enfrentou o único adversário que está na disputa da Série C. Ainda conseguiu a proeza de perder um dos confrontos. Ou seja, não fez nada mais do que a obrigação. Não é mérito ter conseguido a vaga. No Campeonato Paulista o Santos perdeu para Bragantino (Série C), São Bento (Série B) e Novorizontino (Série D), além das derrotas para o Palmeiras. O Santos de Jair Ventura [...]

2205, 2018

Não podemos viver de desculpas

“O Santos não tem dinheiro” “O time não tem um meia” Já estamos quase em junho e as duas frases acima são as desculpas prontas para os problemas do clube dentro e fora de campo. Passou da hora de o Santos ter soluções e não desculpas. O clube não ficou sem dinheiro em janeiro. A situação é crítica há anos e todos envolvidos no processo eleitoral sabiam disso. Era preciso ter uma estratégia pronta para encarar o desafio e já escrevemos sobre isso aqui. A tática adotada pelo presidente José Carlos Peres implicava em um risco esportivo e os torcedores estão vendo isso agora com o time no limite da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Santos ignorou a alternativa do círculo virtuoso e entrou bem no meio de um círculo vicioso. É goleado pelo Grêmio e tem prejuízo nos dois jogos seguintes, contra Luverdense e Paraná Clube. Perde para o São Paulo e vende apenas 3 mil ingressos para o jogo contra [...]