Blog do Diário2020-09-04T11:51:41-03:00

Blog do Diário


Neste espaço, os editores do site vão dizer tudo o que pensam sobre o passado, o presente e o futuro do Santos Futebol Clube.

2403, 2021

Futebol brasileiro é produto maltratado

Imagem do futebol brasileiro para o mercado é muito ruim (Crédito: Reprodução) Muitos torcedores nos perguntam nas nossas Lives qual o motivo para o Santos não ter um patrocinador máster desde a saída da Caixa ou explicações para o clube não conseguir aproveitar a sua grande história, com o maior jogador de todos os tempos (Pelé) e o melhor brasileiro da atualidade (Neymar) e, de fato, internacionalizar a sua marca. Uma das explicações está no que aconteceu nesta semana com o jogo entre Santos e Ponte Preta. Até terça, às 12 horas, estava confirmado para Volta Redonda na quarta (dia seguinte), às 16 horas. No início da tarde, a partida em Volta Redonda foi suspensa. No final da tarde, por volta das 17 horas, a partida foi marcada para São Januári0 nesta quinta (dois dias depois). No final da noite, no entanto, a Prefeitura do Rio proibiu os jogos na cidade e, na manhã desta quarta, a FPF suspendeu a partida oficialmente. [...]

1703, 2021

Santos tem técnico. A torcida tem paciência?

Holan superou seu primeiro desafio na Libertadores (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) São poucos treinos, poucos jogos, nenhuma exibição brilhante, mas já é possível ver uma linha de trabalho do técnico Ariel Holan no Santos. O time não tem mais ligação direta, não insiste nos cruzamentos para a área e não faz mais ciranda, cirandinha nos treinamentos. O Santos de Ariel Holan se aproxima mais na ideia do time de Jorge Sampaoli do que da equipe de Cuca. Os jogadores já começam a dizer isso, como Soteldo nesta terça-feira. No primeiro tempo diante do Deportivo Lara, o Peixe chegou a ter 75% de posse de bola, números de um time dirigido por Pep Guardiola. Claro que o time ainda tem muita coisa para melhorar, especialmente a transição defensiva e a bola parada. Com mais tempo, acredito que teremos uma evolução nestes dois pontos. Ainda teremos a volta do lateral Madson, que pode ser importante nas bolas paradas, e de Marinho e Kaio Jorge, [...]

1003, 2021

Precisamos falar sobre Jean Mota

Jean Mota já tem 212 jogos com a camisa do Santos (Crédito: Ivan Storti/SantosFC) Diego fez 133 jogos com a camisa do Santos, Paulo Henrique Ganso fez 162 e Lucas Lima 203. Os três foram ídolos do Peixe ao menos em alguns momentos e dois deles deixaram o clube de forma mais ou menos tortuosa. Jean Mota completou nesta terça-feira, diante do Deportivo Lara, 212 jogos. E ele alcançou essa marca com você, eu, seu vizinho e a torcida organizada vaiando, xingando de Jean Morto, chamando os vários técnicos que passaram pelo clube de burro quando ele era escalado como titular ou quando se aproximava da linha lateral do campo para substituir alguém. Desde que Jean Mota chegou a clube, em 2016, o Santos teve como técnico Dorival Jr, Elano, Levir Culpi, Jair Ventura, Cuca (duas vezes), Jorge Sampaoli, Jesualdo Ferreira e agora Ariel Holan. E o meia jogou com todos eles. TODOS! Não é possível que oito técnicos, com perfis bem [...]

703, 2021

Análise da estreia de Ariel Holan

Holan fez estreia pelo Santos neste sábado (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) Perder nunca é bom, perder um clássico é pior ainda, perder um clássico por goleada é motivo para uma profunda reflexão. A estreia do técnico Ariel Holan frustrou a alta expectativa do torcedor do Santos, mas ela precisa ser entendida dentro de um contexto. O técnico argentino comandou apenas quatro treinos no clube. Não contou ao menos com três titulares (Pará, Marinho e Kaio Jorge), os titulares que entraram em campo estavam de volta após uma folga de dez dias e o gramado não oferecia a menor condição de jogo no início da partida. Logo, não dá para analisar as ideias do treinador, mas podemos comentar as decisões tomadas por ele. E a primeira decisão de Holan para o jogo foi altamente positiva. O treinador sequer relacionou Tailson e Arthur Gomes para o clássico. Era algo que os torcedores pediam há tempos e o argentino atendeu logo em sua estreia. No [...]

103, 2021

É possível ganhar sem gastar o que não tem

Ariel Holan e Andrés Rueda tem um grande desafio pela frente (Crédito: Divulgação/SantosFC) A temporada 2021 começa de fato para o Santos nesta segunda-feira com a apresentação do técnico argentino Ariel Holan, contratado pela gestão de Andrés Rueda, que assumiu o clube em janeiro. Presidente e técnico tem um grande desafio pela frente, cada um em sua respectiva área. O Santos precisa equacionar as suas dívidas fora de campo e voltar a ganhar títulos dentro dele (já são cinco anos sem conquistas, o maior período pós-2002). A situação gera um grande debate entre os torcedores e, para muitos deles, o clube precisa fazer uma opção entre organizar a casa e ser competitivo. Não precisa! O Santos pode ter um administração melhor, ser mais responsável financeiramente, não fazer contratações milionárias (atualmente nem "pobretárias" pode fazer) e mesmo assim brigar pelos títulos em todas as competições que disputa. A Copa Libertadores provou isso. Não fosse o....deixa pra lá. O próprio Santos já tinha provado [...]

2202, 2021

Obrigado, Cuca. Até nunca mais

Cuca se despediu do Santos neste domingo (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) O técnico Cuca se despediu do comando do Santos após o empate em 1 a 1 com o Fluminense neste domingo, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Deixou o clube (com a ajuda do Goiás) classificado para a Copa Libertadores de 2021 e com 51% de aproveitamento na passagem, que teve como destaque o vice-campeonato da Libertadores de 2020. É inegável que Cuca teve muitos méritos nessa terceira passagem, especialmente fora de campo. Costumo dizer que ele é o técnico do Caos. É muito forte nas relações humanas e usa as adversidades como combustível para extrair o melhor dos jogadores. E como o caos imperava no Santos no ano passado, ele teve um grande trabalho e conseguiu construir um ambiente familiar entre os atletas. É fato que muitos torcedores temiam o rebaixamento antes do início do Brasileirão, não pela qualidade do time, mas pelo excesso de problemas extra-campo (salários atrasados, transferbans, [...]

Ir ao Topo