Projeção Mil Grau

Por | 2019-03-09T10:56:35+00:00 9 de março de 2019, 10:56 |

Por Elthon Tavares

Começo de março e nem o mais otimista torcedor santista imaginaria o desempenho no Paulista, o melhor ataque, classificação antecipada, futebol mais vistoso, primeiro lugar isolado na classificação geral, assim como nem o mais pessimista palpitaria que antes do carnaval já estaríamos fora da Sul-americana, enfim, início surpreendente.

E agora? E em dezembro, estaremos surpresos?

Baseados em nada e em posse de puro achismo, vamos projetar de forma surrealista, a sequência do ano pro Peixolis.

Alerta de Spoiler!

Primeiro, o Paulistoso: Já classificado em primeiro do grupo com sobras, provavelmente primeiro do geral, pega o bom Red Bull na próxima fase e vence por 5×4, hat trick de Derlis Gonçalves. Fase seguinte pega o São Paulo e bate nelas mais duas vezes, 2 na ida e 3 na volta. Na final, vence a Crefisa no agregado por 4 a 3. Campeão Paulista, tudo normal na Vila.

Copa do Brasil: Venceu o América com um pouco de preguiça, passa pelo At. Goianiense (?) sem sustos, vai passando de fase até ganhar mais confiança e favoritismo. Nosso palpite é ficar entre os 4 melhores da competição, quiçá, título. Caso seja campeão, a Diretoria entrará em crise, pois não há mais espaço pra tanto troféu no Memorial da Vila.

Fica aí o alerta.

Brasileiro: Aplicando o amor pelo balón a cada rodada, o time emputece a mídia esportiva e joga bem a maioria dos jogos. Quando empata, é massacrado por comentaristas. Enfrenta dificuldades quando rolam as convocações para as seleções, praticamente todo seu elenco é convocado e a utilização do sub-15 é uma alternativa. Jean Mota levanta o troféu da Copa América com a seleça e volta voando pra colocar o time no G2 novamente.

Sampaoli, insatisfeito, declara:

“Es muy fácil jugar em Brasil. Pieço que los dirigentes del Santos inscrieva el club em la Premier League’.

Peres leva a sério e tenta transferir o Clube pra Londres, mas a torcida não concorda e ele tenta transferir a Inglaterra pra São Paulo, a Rainha fica de pensar no caso.

Santos tem a melhor campanha dentro e fora de casa e levanta mais um troféu.

Peres aluga um galpão pra guardar mais troféus, crise resolvida.

Sampaoli renova pra Libertadores 20 e recebe ligação de Messi, se oferecendo pra ser banco de Jean Mota no Santos.

Rodrygo desembarca na Espanha e é perguntado por jornalistas madrilenhos “como é sair de um clube imenso e jogar em um de menor expressão”, o Rayo responde dizendo “sonha em alavancar esse clube, para que um dia ele seja tão grande como o Peixão”.

Everson é vice artilheiro do campeonato com 18 gols, somente atrás dos outros 10 jogadores de linha, e 5 do banco, com 22 cada.

A média de público bate recorde e ultrapassa 7mil.

Na Copa América, Jean Mota além de levantar a taça, é eleito melhor jogador da competição e é sondado por Barcelona, Real Madrid, Manchester City, Liverpool, United, Arsenal, Chelsea, Bayern, Juventus, você e outros 45 clubes, mas renova com o Santos porque a Mari quer e ele também.

Derlis é o artilheiro da competição com 15 gols e o bola de prata da competição. Sanchez é vice com o Uruguai e revela que o pior dia da sua vida foi o dia em que teve que tentar marcar Jean Mota.

Copete domina várias bolas e é eleito o melhor lateral da competição.

Cuerva some, dá um perdido na delegação peruana e é encontrado no quiosque Burgman, no Canal 4.

A imprensa colombiana repercute o tapa que Aguilar desfere na orelha de Borja e o áudio vazado, em que o zagueiro fala ao atacante: “CINQUENTA E UNO ÉS PINGA!”

E essa é nossa projeção óbvia pra 2019, caso aconteça algo diferente disso, ficaremos surpresos.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário