Miguel Ángel Ramírez foi campeão da Copa Sul-Americana com o Independiente Del Valle (Crédito: Divulgação)

SANTOS – O Santos já oficializou proposta a dois treinadores que integram a lista de possíveis substitutos de Jorge Sampaolli. Um deles é o jovem técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez, de 35 anos, campeão da Copa Sul-Americana deste ano com o modesto Independiente Del Valle, do Equador.

Como o Peixe não pode mais sonhar com os argentinos Ariel Holan e Sebastián Beccacece, já empregados, Ramírez virou um dos preferidos da cúpula santista para comandar o time em 2020. O problema é que ele tem mais dois anos de contrato com o clube equatoriano, que não aceita liberá-lo.

Em caso de rescisão unilateral de contrato, Ramírez teria de pagar uma multa de aproximadamente U$ 1 milhão (cerca de R$ 4 milhões) ao Independiente. Pela proposta inicial do Santos, esse valor seria de responsabilidade do treinador espanhol.

Além de adotar um estilo de jogo intenso e ofensivo como o de Sampaolli, outro ponto que conta a favor de Ramírez é sua predileção por jogadores mais jovens e formados pelos clubes em que atua. Antes de assumir o Del Valle, trabalhou seis anos com formação de atletas no Qatar.

O nome do outro técnico que recebeu proposta oficial do Peixe é mantido em sigilo pela diretoria. Porém, pelo que foi apurado pela coluna, trata-se de um profissional argentino com grande experiência no futebol sul-americano. Caso de José Pékerman, que deixou o comando da seleção da Colômbia este ano.

Entre os técnicos brasileiros, apenas um nome chama a atenção da diretoria do Peixe no momento: o de Renato Gaúcho. Os dirigentes alvinegros o consideram capaz de dar seguimento ao trabalho de Sampaolli por também ser adepto ao futebol ofensivo. Ele também está entre os cotados.