O técnico Cuca faz grande trabalho no comando do Santos (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

É preciso pedir desculpas ao Cuca: no contexto do Santos, não poderia ter alguém melhor.

O trabalho do técnico do Santos não é impecável dentro de campo, mas é inegável que ele chegou para colocar alguma paz nos dias dos torcedores santistas.

Assumo que fui uma das pessoas que se colocou contra a contratação do treinador, logo que a possibilidade começou a ser ventilada na Vila Belmiro. Mas é hora de assumir que estava errada. Parece que, agora, não poderia ter um treinador melhor no Santos.

Isso quer dizer que ele é o melhor técnico atuando no Brasil? Não. O que tem mais conhecimento? Não. Quer dizer que o Santos tem chance de ser campeão de alguma coisa? Também não. Mas o futebol é muito mais que isso, Cuca chegou com panos quentes, alguma organização e muito conhecimento do que é o futebol brasileiro.

É preciso admitir que muitos de nós, santistas, começamos o ano desesperados: o Santos sem poder contratar, perdendo Marinho no primeiro jogo, com um treinador que não tinha nem resultado, nem desempenho. O rebaixamento parecia uma possibilidade forte. Não quero zicar, o Campeonato Brasileiro ainda está longe de acabar, mas alguém ainda acha que o Santos tem grandes chances de cair?

O principal mérito do treinador foi fechar o grupo. Cuca juntou os jogadores e deixou claro que era preciso ignorar a situação extracampo e fortalecer o conjunto. Tem quem gosta desse papo de família, tem quem deteste. O fato é que está funcionando.

Outro ponto muito bom do treinador é a questão psicológica. Jogadores que viviam uma fase ruim, que estavam em baixa, foram recuperados pelo treinador muito mais na base da conversa do que dos treinamentos. Afinal, nem tempo para treinar o Santos tem.

Isso não quer dizer que ele não tenha defeito. Insiste em jogadores que todo mundo sabe que não podem ser titulares do Santos, demora demais para fazer alterações e é excessivamente cauteloso nas mudanças.

Mas, nesse momento, seria impossível trazer um técnico muito acima da média. Quem aceitaria treinar um Santos que não pode contratar, afundado em dívidas, no meio de um caos político sem precedentes? Cuca pegou um projeto que tinha tudo para ser um fracasso e faz um trabalho razoável. E nesse momento, razoável é ótimo para o que Santos de 2020.

Cuca me parece um cara inteligente. Tinha muito pouco a perder aceitando o posto de treinador no Santos. Se der muito certo, o mérito é só dele, um homem valente que enfrenta um grande desafio. Se der errado, Cuca está isento de culpa, já que a situação do Santos é um caos.

Dentro das possibilidades, Cuca é a melhor opção que o Santos poderia ter. Agora, resta torcer para que, com a liberação para contratar, o clube não ceda às contratações um pouco estranhas que o treinador sugere – como Felippe Cardoso no lugar de Marco Ruben.