Na veia2019-01-17T19:30:29-03:00

Na veia

Vagner Frederico é jornalista esportivo e acompanha o Santos há 18 anos, 11 deles como repórter setorista do Diário de São Paulo. Atualmente, é comentarista do programa Esporte por Esporte, da TV Santa Cecília, líder em audiência na Baixada Santista.

105, 2019

Sampaoli vai fazer a diferença no Nacional

O Santos de Sampaoli brilhou em Porto Alegre (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) SANTOS – A vitória diante do Grêmio, na rodada de abertura do Brasileirão, comprovou que o Santos vai brigar pelo título nacional. Apesar de não contar com um elenco à altura dos favoritos Palmeiras e Flamengo, o Peixe leva uma clara vantagem sobre todas as outras 19 equipes do campeonato: tem o melhor treinador, e isso faz muita diferença. É óbvio que Jorge Sampaoli também erra, mas está muito à frente dos principais técnicos brasileiros, que há décadas se acomodaram com a tática previsível do futebol de resultados. Estudioso e exigente, o argentino consegue tirar o máximo dos seus atletas e sabe identificar a melhor formação de seu time para cada tipo de adversário. Contra o Grêmio, Sampaoli surpreendeu com um esquema de jogo mais reativo em relação ao que o seu time vinha apresentando até então, e por deixar no banco jogadores como Sánchez, Derlis e Rodrygo. Mesmo [...]

904, 2019

O futebol e suas injustiças

SANTOS – Em mais de vinte anos de carreira, assisti a centenas de clássicos do nosso futebol e não me lembro de ver um time ser tão massacrado por um rival como o aconteceu nesta segunda-feira chuvosa no Pacaembu. Se fosse qualquer outro esporte, o Santos teria vencido o Corinthians com pontuação máxima e sairia consagrado de campo. Poucas vezes os números e estatísticas representaram tão fielmente o que se viu em quase cem minutos de jogo. Parecia que o Peixe tinha 20 jogadores, tamanha sua superioridade em volume de jogo. Não foi à toa que terminou com 74% de posse de bola contra 26% do Timão, que fez, sem dúvida, uma das exibições mais covardes de sua história. Mas o futebol é mágico e apaixonante exatamente por sua capacidade de produzir injustiças. Mesmo tendo cobrado 14 escanteios contra nenhum do rival; chutado 25 vezes e obrigado o goleiro Cássio a praticar alguns milagres, enquanto Vanderlei foi um mero espectador em campo, coube ao [...]

504, 2019

A lição dos brasileiros a Sampaoli

SANTOS – Por mais que eu me esforce, não consigo entender o motivo pelo qual Rodrygo tem sido mal aproveitado pelo técnico Jorge Sampaoli. Afinal, alguém duvida de que o “novo raio” da Vila é o mais talentoso atacante do elenco santista neste momento? O poderoso Real Madri tem plena convicção disso. Tanto que investiu quase R$ 200 milhões para contratá-lo a partir de julho. Então, insisto. Por qual razão Rodrygo não é um dos titulares absolutos de Sampaoli? Chegou a ser preterido até por Copete nas quartas-de-final do Paulistão. Há quem possa argumentar que o atacante de 18 anos caiu muito de produção desde que sua venda para o Real Madri foi oficializada, em junho do ano passado. E é verdade. Algo previsível para um jogador de sua idade e pela mudança que essa transferência provocará em sua carreira. Mas é claro que a queda de rendimento não justifica sua presença constante no banco de reservas, como voltou a acontecer no primeiro duelo [...]

2703, 2019

Santos negocia com Osman, do Red Bull

Osman foi um dos destaques do Red Bull no Paulistão (Crédito: Divulgação/Red Bull Brasil) SANTOS – Assim como o volante Jobson, o meia Osman, outro destaque do Red Bull Brasil no Campeonato Paulista, também está na mira do Santos para a sequência da temporada. Logo após o duelo decisivo entre as duas equipes nesta terça-feira, em Campinas, a diretoria santista enviou um emissário ao vestiário do clube do Interior para iniciar as negociações diretamente com o atleta. Revelado pelo próprio Santos em 2013, Osman, de 26 anos, ficou empolgado com o interesse do Peixe e deu sinal verde para seus representantes negociarem com o clube alvinegro. E, no seu caso, a possível transferência seria mais simples, pois o jogador assinou vínculo com o Red Bull de apenas quatro meses e já está livre para mudar de equipe. Quanto a Jobson, o Santos já tem um acordo com o atleta em relação a salário e tempo de contrato, mas ainda depende da liberação [...]

1203, 2019

Coutinho: gênio de língua afiada e controverso

SANTOS – O maior ataque do futebol mundial em todos os tempos perdeu seu integrante mais complexo e controverso. Genial e implacável dentro da área, Coutinho não tinha papas na língua fora de campo. Ele foi o principal parceiro de Pelé no Santos e nunca aceitou muito bem a condição de coadjuvante do Rei. Tinha personalidade forte e não abria mão de ter seus méritos reconhecidos. Depois de pendurar as chuteiras prematuramente no início dos anos 70, Coutinho chegou a ser treinador nas categorias de base do Santos, mas não deu muito certo porque era exigente demais. “Hoje em dia só tem cabeça de bagre”, dizia. Quando se aposentou de vez do futebol, o ídolo alvinegro se transformou num crítico contumaz de cada novo candidato a craque que surgia na Vila Belmiro. Nem mesmo Neymar escapou de suas críticas. Certa vez, ao ser questionado sobre a fama de cai-cai do craque do PSG e da Seleção Brasileira, o eterno camisa 9 do Peixe não [...]

2502, 2019

Santos passa no primeiro grande teste

SANTOS – Não foi o clássico que todos esperávamos, mas acredito que o Santos passou em seu primeiro grande teste sob o comando de Jorge Sampaoli. Mesmo na casa do rival, o Peixe encarou o milionário elenco do Palmeiras em pé de igualdade, sem abrir mão da posse de bola e da marcação avançada, pelo menos na maior parte do jogo. Ficou claro, como era esperado, que o time sentiu a ausência de alguns dos seus protagonistas até aqui, como os meias Jean Mota e Sánchez e o lateral Victor Ferraz, todos preservados para a fase eliminatória da Copa Sul-Americana. Apenas os dois primeiros entraram em ação no decorrer do segundo tempo, mas sem a mesma dedicação das partidas anteriores. Para uma equipe que tem como ponto forte o futebol coletivo e suas variações táticas, a entrada de novos atletas, em fase de adaptação à filosofia de trabalho de Sampaoli, faz muita diferença. Ainda serão necessários mais alguns jogos para Jean Lucas e Cueva, por exemplo, dois [...]