Lendas da Vila

Nenhum time tem tanta história como o Santos. Nesse espaço, contamos um pouco sobre a vida de personagens que fizeram parte dela.

Lendas da Vila: Márcio, o malvado

5 de julho de 2020
Texto de Fernando Ribeiro para o DIÁRIO DO PEIXE Márcio Antônio Rossini nasceu em Marília (SP), em 20 de setembro de 1960. Amante dos esportes desde muito cedo, chegou a integrar a equipe de natação do Yara Clube, da sua cidade natal. Os primeiros passos no futebol foram diferentes dos que caracterizaram sua carreira profissional. No início, atuava na meia-direita...
Leia mais

Lendas da Vila: Almir, o primeiro craque “animal”

21 de junho de 2020
Texto de Fernando Ribeiro para o DIÁRIO DO PEIXE Almir não conquistou nenhum título pelo Santos, nem ao menos disputou uma partida final, mas conseguiu o que poucos na história do clube conseguiram: tornou-se ídolo. Titular absoluto da camisa 7 entre 1990 e 1993, atuou em um período de muitas dificuldades para a torcida santista. Crises financeiras e administrativas, em...
Leia mais

Lendas da Vila: Nunca houve um craque como Araken

31 de maio de 2020
Texto de Fernando Ribeiro para o DIÁRIO DO PEIXE Araken Patusca fez de tudo em suas passagens pelo Peixe: marcou muitos gols, brigou, saiu, voltou e comandou o time rumo ao primeiro caneco estadual. Filho de Sizino Patusca (primeiro presidente do clube), irmão de Ary Patusca (um dos primeiros ídolos da torcida santista) e primo de Arnaldo Silveira (autor do...
Leia mais

Lendas da Vila: Cejas, o paredão argentino que sonhou em jogar no Santos

24 de maio de 2020
Texto de Fernando Ribeiro para o DIÁRIO DO PEIXE O hermano desembarcou em Vila Belmiro com status de melhor do mundo, titubeou no início, mas tornou-se um dos maiores goleiros da história do Santos Nascido em Buenos Aires, em 22 de março de 1945, Agustín Mario Cejas é um dos maiores goleiros que já defendeu a meta santista. Dono de...
Leia mais
1 2 3 7