Santos devia olhar para o Canindé

Por | 2019-03-11T13:27:05+00:00 11 de março de 2019, 13:27 |

Leilão do estádio do Canindé está marcado para o dia 19 de abril (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

O Santos não poderá jogar no Pacaembu no Campeonato Brasileiro, viu uma outra empresa, o Consórcio Patrimônio SP, vencer a licitação para a concessão do estádio pelos próximos 35 anos (o processo ainda está suspenso) e não tem uma alternativa viável para mandar os jogos na cidade de São Paulo, que tem cerca de 3 milhões de santistas (grande SP).

Passou da hora da diretoria do Peixe olhar para o Canindé e estudar uma alternativa para ficar com o estádio da Portuguesa, que irá mais uma vez a leilão no dia 19 de abril por R$ 169 milhões.

É claro que o Santos não tem dinheiro para arrematar, sozinho, o estádio, mas é possível encontrar parceiros para um projeto sério para o local, algo parecido com o que o Palmeiras fez com a W Torre no Palestra Itália.

A Portuguesa não disputa mais o Campeonato Brasileiro (em nenhuma divisão), está lutando contra o rebaixamento para a Série A-3 do Paulistão e na última eleição para a presidência não apareceu candidato. Ou seja, o clube não tem perspectiva de futuro e nem algo que justifique a utilização de um estádio como o Canindé.

Para o Santos, o Canindé seria perfeito. É provavelmente o estádio com a melhor localização em São Paulo. Em uma das marginais, próximo ao corredor norte-sul, do lado de um terminal rodoviário intermunicipal, de estações de trem e do metrô.

O Peixe poderia aproveitar todo o complexo para fixar sua sub-sede em São Paulo (hoje paga aluguel para um prédio ao lado do Pacaembu), para ter um anexo do Memorial, sua loja oficial, além de diversas opções como cinema, lojas, bares, restaurantes, escritórios, consultórios, etc.

A área é muito grande e possibilita todas essas utilizações, que gerariam receitas aos proprietários.

Não seria fácil e nem barato, mas se algum clube pode sonhar com algo nesse sentido é o Santos.

 

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

5 Comentários

  1. Ademir 11 de março de 2019 em 13:37 - Responder

    Falar é fácil como um time 100 torcida como estamos vendo tendo prejuízo de quase 100 mil pode ter condição de um investimento desse porte

  2. JORGE RESTEL 11 de março de 2019 em 14:09 - Responder

    “Se” a transferência de Neymala para o Real Madrid se concretizar realmente, poderiamos sim arrematar esse estádio, pois ganhariamos R$ 60 milhões com essa transferência

  3. Celso 11 de março de 2019 em 16:34 - Responder

    Primeiro lugar
    O estádio é e sempre será da lusa
    Leilão é só da metade do terreno
    Ou seja. Não é viável
    SEGUNDO
    A lusa está a dois pontos de ir para as finais e voltar a primeira do paulista
    A lusa já tem proposta de uma arena com hotel
    E prédios comerciais
    Uma parceria sim
    Seria ótimo para os dois
    Da he lusa

  4. Anderson Dias de Lima 11 de março de 2019 em 17:04 - Responder

    Acho essa ideia perfeita!
    O Santos precisa de um estádio na capital, isso é ponto passivo. O estádio da Portuguesa seria perfeito!!!

  5. Lindomar 13 de março de 2019 em 16:44 - Responder

    Seria maravilhoso para o Santos FC o Canindé sempre teve lotação máxima com torcedores santista

Deixar um Comentário