Filha de Peixe2019-07-31T10:06:13-03:00

Filha de Peixe

Anita Efraim é jornalista, corredora e geneticamente santista. O amor pelo time, que é herança do pai, vem em todas as formas. Sempre com uma visão humana e crítica sobre um DNA alvinegro.

212, 2019

A verdade é que não aguentamos mais

Jorge Sampaoli tem contrato até final de 2020 (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) A verdade é que nós, santistas, não aguentamos mais. Não aguentamos mais a forma que a mídia trata o Santos, como se fosse um clube pequeno e um coadjuvante no futebol brasileiro. Como se fosse um feito inédito o Santos estar em segundo lugar no Brasileirão. Eu não preciso contar pra ninguém que o Santos é tricampeão da Libertadores ou que revelou alguns dos melhores jogadores do mundo. Não preciso dizer o Santos já venceu campeonatos nacionais 8 vezes, é Bi-mundial. Mas se todo mundo sabe, por que tratam o Santos tão mal? Por que nos incomodamos tanto? Nunca um time do Brasil tinha olhado para Sampaoli, especialmente depois da péssima Copa do Mundo com a Argentina. Foi o Santos quem trouxe. E quando trouxe, começou a palhaçada: enquete de até quando ficaria, piadas por causa das goleadas no Paulista. Quando o time foi se adaptando ao estilo, os resultados [...]

1511, 2019

Como receber o Presidente

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, estará na Vila Belmiro neste sábado (Crédito: Marcos Corrêa/PR) Jair Bolsonaro estará na Vila Belmiro neste sábado para assistir ao clássico entre Santos e São Paulo. Foi o presidente quem pediu para acompanhar o jogo, o convite não partiu do Santos e acho que é importante relembrar isso. Eu entendo e estou com a parte da torcida que está revoltada com isso. Como o Santos, que faz campanha contra racismo e diz que pessoas preconceituosas não devem ir a Vila, permite a presença de alguém com opiniões como as de Bolsonaro no estádio? Tudo isso é totalmente incoerente. Mas, como jornalista, não só torcedora, acho importante olhar por outro lado. Faz sentido uma instituição se recusar a receber o presidente da República? Falei com a cientista política Deysi Cioccari para entender melhor a questão.  Na visão dela, o Santos receber o presidente não quer dizer que o clube corrobore com as opiniões de Bolsonaro. Aceitar a [...]

511, 2019

Minha conexão com o Santos mudou

Marinho comandou a goleada do Santos sobre o Botafogo (Crédito: Ivan Storti/SantosFC) Sempre senti que estar na Vila Belmiro era estar em casa. Tenho certeza que grande parte dessa impressão é pelo fato de o Santos ser, pra mim, uma grande marca da família. Isso, claro, é por causa da minha relação com meu pai. Dia de ir ao estádio é um dia que sei que vou passar com meu pai e, se não com ele, com meu marido. Mas sinto em 2019 minha relação com o Santos mudou. Não que tenha deixado de ser parte da minha relação com meu pai. Isso nunca vai mudar. Por outro lado, acho que criei um amor independente, uma dedicação minha com o clube. Eu decidi que queria ir ao jogo contra o Botafogo. Ninguém podia ir comigo. Nem meu pai, nem meu marido. Há algum tempo, isso seria um impeditivo. Eu pensaria que, sem as companhias de sempre, eu não teria como ir. [...]

210, 2019

Campanha que merece aplausos

Não são só os negros que têm de exaltar o Santos por essa campanha incrível, sobre o time de branco e de preto. Qualquer um que torça por esse time tem obrigação de saber que dentro desse clube não tem espaço pra preconceito. É nosso papel criar um ambiente desconfortável pra qualquer um que seja racista, xenófobo, misógino. Não tem uma vez que eu não pise na Vila Belmiro que eu não sinta algo diferente. Lá, de todos os estádios que já fui na vida, é onde me sinto mais a vontade. É onde eu não tenho medo. Onde me sinto confortável em ser uma mulher que ama futebol. E, pra mim, é obrigação que o Santos faça com que todos os torcedores se sintam assim. Confortáveis. Orgulhosos. Qualquer instituição que vive da paixão do seu consumidor precisa de engajamento, claro. Mas também é preciso saber quem você quer que seja engajado. É importante que o time de futebol mostre que, ali, não [...]

2009, 2019

Eu vou ver as Sereias. E você?

Santos precisa vencer o São Paulo por dois gols de diferença para garantir vaga na final (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC) Você ainda não foi ver as Sereias da Vila em 2019? Neste sábado, às 11h, pode ser a sua última chance. 2019 foi, sem dúvidas, um ano histórico para o futebol feminino, mas, no Santos, a modalidade não é novidade. O Santos tem um time competitivo, que já conquistou inúmeros títulos, os mais recentes foram o Brasileirão em 2017 e o Paulistão em 2018. No sábado, o time feminino principal enfrenta o São Paulo no Pacaembu, às 11h. Nesse caso, só a vitória interessa para que elas cheguem à final, porque, no jogo de ida, o São Paulo ganhou por 3 a 2. Ou seja, precisamos vencer por dois gols de diferença pra conquistar a vaga sem sofrimento. O primeiro jogo também foi no Pacaembu. O jogo é gratuito e o único jeito de tornar o fator casa relevante é [...]

309, 2019

Um gol com setembro amarelo

Santos usou as redes sociais para se manifestar (Crédito: Reprodução) No Brasil tem essa história de meses terem cores. São campanhas para conscientizar sobre algumas doenças. A mais famosa é o outubro rosa, que remete ao câncer de mama, e o novembro azul, que tem como objetivo conscientizar sobre o câncer de próstata. O torcedor do Santos que segue o time nas redes sociais deve ter visto que o mês que começa hoje, setembro, é o mês amarelo que trabalha pela prevenção do suicídio. Esse é um tema considerado tabu. Pouco se fala sobre suicídio porque há a ideia de que, ao se falar sobre o assunto, pode se estimular outras pessoas a tirarem a própria vida. Essa é uma verdade repetida há muitos anos, mas que tem mudado. Porque há o outro lado: não se pode varrer esse problema para baixo do tapete. Nem sempre é confortável falar sobre temas delicados. São incômodos, geram comentários infelizes- nesse caso, pode ter [...]