Filha de Peixe2019-07-31T10:06:13-03:00

Filha de Peixe

Anita Efraim é jornalista, corredora e geneticamente santista. O amor pelo time, que é herança do pai, vem em todas as formas. Sempre com uma visão humana e crítica sobre um DNA alvinegro.

2702, 2020

Santos tem muito a aprender com o Defensa Y Justicia

Defensa y Justicia ainda está invicto em 2020 (Crédito: Divulgação) O primeiro adversário do Santos na Copa Libertadores é o Defensa y Justicia, clube argentino. A estreia é na casa deles, no dia 3 de março, próxima terça-feira.  Até agora, o Defensa y Justicia jogou 5 partidas no ano. Venceu três, empatou duas. Não perdeu nenhuma. O Santos já perdeu duas partidas entre as sete disputadas. O número de empates e vitórias está igual. No sábado, as duas equipes têm um clássico pela frente. O Defensa y Justicia contra o River Plate fora de casa. O Santos, contra o Palmeiras, em casa. Qual a grande diferença entre esses dois times, além de dois jogos (e duas derrotas) a menos? Os valores dos ingressos. Enquanto os argentinos vendem as entradas para a estreia na Libertadores por, no máximo, R$21, o Santos tem o mais barato por R$60 para quem não é sócio do clube. O Defensa y Justicia é um clube menor [...]

2401, 2020

A primeira impressão não foi boa, mas…

Santos empatou em 0 a 0 com o Red Bull Bragantino na estreia no Paulistão 2020 (Crédito: Ivan Storti/SantosFC) Foi terrível ver o Santos jogar nessa quinta-feira. Lembrar do último jogo do ano, contra o Flamengo, e ver o que o santista viu na primeira rodada do Paulista foi um baita balde de água fria. Fazia muito tempo que a gente não via esse monte de cruzamento na área - e a gente se acostumou mal, né, não aceitamos mais esse jogo que não seja de pé em pé, trabalhando a bola. Deu uma saudades do Sampaoli... Mas a verdade é que não dá pra se sentir assim, porque ele tinha a oportunidade de ficar e fazer um lindo caminho no Santos, mas preferiu sair. E Jesualdo chegou. Respeitando o Santos, dando aula nas coletivas, demonstrando ter boas ideias. Mas, por outro lado, conhece pouco do futebol brasileiro. Nunca trabalhou aqui e não acompanhava sempre. Está treinando o time há poucas semanas. [...]

212, 2019

A verdade é que não aguentamos mais

Jorge Sampaoli tem contrato até final de 2020 (Crédito: Ivan Storti/Santos FC) A verdade é que nós, santistas, não aguentamos mais. Não aguentamos mais a forma que a mídia trata o Santos, como se fosse um clube pequeno e um coadjuvante no futebol brasileiro. Como se fosse um feito inédito o Santos estar em segundo lugar no Brasileirão. Eu não preciso contar pra ninguém que o Santos é tricampeão da Libertadores ou que revelou alguns dos melhores jogadores do mundo. Não preciso dizer o Santos já venceu campeonatos nacionais 8 vezes, é Bi-mundial. Mas se todo mundo sabe, por que tratam o Santos tão mal? Por que nos incomodamos tanto? Nunca um time do Brasil tinha olhado para Sampaoli, especialmente depois da péssima Copa do Mundo com a Argentina. Foi o Santos quem trouxe. E quando trouxe, começou a palhaçada: enquete de até quando ficaria, piadas por causa das goleadas no Paulista. Quando o time foi se adaptando ao estilo, os resultados [...]

1511, 2019

Como receber o Presidente

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, estará na Vila Belmiro neste sábado (Crédito: Marcos Corrêa/PR) Jair Bolsonaro estará na Vila Belmiro neste sábado para assistir ao clássico entre Santos e São Paulo. Foi o presidente quem pediu para acompanhar o jogo, o convite não partiu do Santos e acho que é importante relembrar isso. Eu entendo e estou com a parte da torcida que está revoltada com isso. Como o Santos, que faz campanha contra racismo e diz que pessoas preconceituosas não devem ir a Vila, permite a presença de alguém com opiniões como as de Bolsonaro no estádio? Tudo isso é totalmente incoerente. Mas, como jornalista, não só torcedora, acho importante olhar por outro lado. Faz sentido uma instituição se recusar a receber o presidente da República? Falei com a cientista política Deysi Cioccari para entender melhor a questão.  Na visão dela, o Santos receber o presidente não quer dizer que o clube corrobore com as opiniões de Bolsonaro. Aceitar a [...]

511, 2019

Minha conexão com o Santos mudou

Marinho comandou a goleada do Santos sobre o Botafogo (Crédito: Ivan Storti/SantosFC) Sempre senti que estar na Vila Belmiro era estar em casa. Tenho certeza que grande parte dessa impressão é pelo fato de o Santos ser, pra mim, uma grande marca da família. Isso, claro, é por causa da minha relação com meu pai. Dia de ir ao estádio é um dia que sei que vou passar com meu pai e, se não com ele, com meu marido. Mas sinto em 2019 minha relação com o Santos mudou. Não que tenha deixado de ser parte da minha relação com meu pai. Isso nunca vai mudar. Por outro lado, acho que criei um amor independente, uma dedicação minha com o clube. Eu decidi que queria ir ao jogo contra o Botafogo. Ninguém podia ir comigo. Nem meu pai, nem meu marido. Há algum tempo, isso seria um impeditivo. Eu pensaria que, sem as companhias de sempre, eu não teria como ir. [...]

210, 2019

Campanha que merece aplausos

Não são só os negros que têm de exaltar o Santos por essa campanha incrível, sobre o time de branco e de preto. Qualquer um que torça por esse time tem obrigação de saber que dentro desse clube não tem espaço pra preconceito. É nosso papel criar um ambiente desconfortável pra qualquer um que seja racista, xenófobo, misógino. Não tem uma vez que eu não pise na Vila Belmiro que eu não sinta algo diferente. Lá, de todos os estádios que já fui na vida, é onde me sinto mais a vontade. É onde eu não tenho medo. Onde me sinto confortável em ser uma mulher que ama futebol. E, pra mim, é obrigação que o Santos faça com que todos os torcedores se sintam assim. Confortáveis. Orgulhosos. Qualquer instituição que vive da paixão do seu consumidor precisa de engajamento, claro. Mas também é preciso saber quem você quer que seja engajado. É importante que o time de futebol mostre que, ali, não [...]