Cuca fará sua estreia na Libertadores 2020 (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos realizou nesta segunda-feira seu último treino antes da reestreia na Copa Libertadores da América. O Peixe recebe o Olímpia (Paraguai), nesta terça-feira e o técnico Cuca terá que lidar com desfalques e alguns retornos importantes para tentar fazer o Santos seguir 100% na competição.

Entre os jogadores que voltam a time estão Felipe Jonatan, que cumpriu suspensão na última partida, pelo Brasileirão. Marinho, que ficou no banco nesse jogo, poupado, também é outro que retorna ao time titular. Raniel já voltou ao CT, depois ficar afastado por Covid, mas o resultado dos novos testes sairão só nesta terça. Kaio Jorge (Covid) e Luiz Felipe (lesionado) seguem sendo baixas.

Leia também: Jogo do Santos terá sinal aberto na Claro e na Sky

Se o Covid não afastar mais ninguém, Cuca terá poucas dúvidas para definir o time titular. Madson foi bem nas duas últimas partidas e briga pela vaga no time com Pará, que retorna depois de ser preservado nas duas últimas partidas.

Sem Kaio Jorge e com Raniel sendo dúvida, Lucas Braga, Arthur Gomes e Marcos Leonardo são as principais opções do treinador para formar o trio ofensivo ao lado de Soteldo e Marinho.

O Santos deve ir a campo com: João Paulo; Madson (Pará), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga(Arthur Gomes ou Marcos Leonardo) e Soteldo.

Santos e Olímpia se enfrentam nesta terça-feira, 21h30, na Vila Belmiro. O Peixe é líder do grupo G da Libertadores, com seis pontos, os paraguaios tem quatro. Delfín (Equador) com um e Defensa y Justicia (Argentina) com zero fecham a chave.