Apesar do jejum de gols, Gabigol fica feliz com desempenho

Por | 2018-04-15T11:49:18+00:00 15 de abril de 2018, 15:30 |

O atacante Gabigol não marca pelo Santos desde o dia 25 de fevereiro (sete jogos), mas o jogador aprovou o desempenho contra o Ceará (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)

O atacante Gabigol fez gol nos quatro primeiros jogos na sua volta ao Santos nesta temporada. Porém, desde a vitória por 2 a 0 sobre o Santo André no dia 25 de fevereiro o jogador não balança as redes. Desde então, foram sete jogos disputados sem comemorar um golzinho.

Neste sábado, na vitória por 2 a 0 sobre o Ceará, o jogador novamente passou em branco. Apesar de ter desperdiçado algumas chances de encerrar o jejum, especialmente no segundo tempo, o atacante deixou o Pacaembu satisfeito com o seu desempenho.

“Tive algumas chances, não marquei, mas pude participar dos dois gols e estou feliz com a minha participação na partida”, afirmou o atacante.

Gabigol foi importante especialmente no segundo gol. Ele roubou a bola do zagueiro do Ceará e deu bom passe para Eduardo Sasha, que cruzou para o gol de Rodrygo. O jogador destacou a importância de vencer na estreia e acabar com o jejum de 12 anos sem vitória na abertura do Brasileirão.

“Fazia muito tempo que o Santos não ganhava na estreia e fico muito feliz com essa vitória, que é o mais importante”, analisou.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

5 Comentários

  1. NIlson de Oliveira 15 de abril de 2018 em 17:57 - Responder

    Está na hora de o Gabriel calçar as sandálias da humildade. Pode começar, deveria evitar o apelido. Faz muito tempo que não sabe o que é o gol. Chuta mal, o que revela pouco treino do fundamento. Suas recentes expulsões são sinal de falta de inteligência emocional e reduzido compromisso com o grupo. Desperdiça contra-ataques porque é fominha. Faz pose de malandro e quando abre a boca não diz nada que possa ser aproveitado. Enfim, se alguém não abrir o olho, os mirrados cofres do Santos vão bancar mais um enganador em campo com salário fabuloso. É hora de técnico e diretoria cobrarem resultados. Se não vierem no curto prazo, o lugar do Gabriel é o banco.

  2. Carlos Silva 15 de abril de 2018 em 22:16 - Responder

    Feliz com esse desempenho pífio? Deveria ter vergonha na cara e parar com essa soberba e arrogância.

    Parece que tem memória fraca, já se esqueceu do perrengue que passou na Europa.

    Eu vi uma notícia que o Jair vai ter dor de cabeça com o retorno de Bruno Henrique, pura balela.

    O ataque deve ser Rodrygo, Sasha e BH.

    Seu Gabriel mimado é banco !!!

  3. everton Christiano Parisi Fonseca 16 de abril de 2018 em 09:05 - Responder

    O egoísmo e a arrogância desse mlk vai leva-lo direito pra série b da Itália infelizmente não aprendeu acha que é craque lamentável ruim para o santos

  4. CLAUDIO DE OLIVEIRA 16 de abril de 2018 em 09:09 - Responder

    O Gabriel é mascarado e baladeiro.

  5. Ubirajara Cortez 16 de abril de 2018 em 17:35 - Responder

    Concordo com tudo que os Santistas disseram acima…. mais uma vez nesse sábado, foi o pior em campo…. fominha não passa a bola pra ninguém… pelo menos duas bolas no último jogo, se ele passasse a bola, poderíamos ter feito gols…. O Jair tem que deixar no banco para ele ser mais humilde…

Deixar um Comentário