Bryan Ruiz admite que vai ser difícil substituir Diego Pituca

Por | 2018-11-07T19:09:23+00:00 7 de novembro de 2018, 19:09 |

Bryan Ruiz concedeu entrevista coletiva no CT Rei Pelé nesta quinta-feira (Crédito: Diário do Peixe)

Com o meia Diego Pituca suspenso por causa da expulsão no clássico do último sábado, contra o Palmeiras, o costarriquenho Bryan Ruiz é o mais forte candidato a ser titular na partida da próxima segunda-feira, às 20h, contra  a Chapecoense, no Pacaembu, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Típico meia ofensivo, Bryan Ruiz poderá ser deslocado para atuar na segunda linha de quatro caso substitua Pituca. Outra opção do técnico Cuca é colocar Carlos Sánchez nessa função e deixar o costarriquenho mais solto. No entanto, caso seja necessário jogar na posição de Pituca, Ruiz garante que está pronto, apesar de reconhecer que não será tarefa fácil substituir o titular.

“Pituca é um dos jogadores que têm mais constância no time. Vai ser muito difícil fazer o que o Pituca faz. Se o Cuca precisar que eu jogue ali, eu posso jogar. Claro que meu forte não é a marcação, mas se o professor precisar que eu jogue por ali, eu posso jogar, sim”, disse o meia em entrevista coletiva.

Desde que foi contratado, em julho, Bryan Ruiz fez 13 jogos com a camisa do Santos, sendo dois como titular. Até aqui, o costarriquenho ainda não balançou as redes, mas já tem duas assistências, uma para Eduardo Sasha na vitória sobre o Sport e outra para Victor Ferraz no triunfo sobre o Fluminense.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário