Zagueiro Kaiky Fernandes foi capitão da Seleção Brasileira Sub-15 diante do Uruguai (Crédito: Divulgação)

O futsal formou para o Santos grandes craques como Robinho, Neymar e Rodrygo, mas não só atacantes encontrados na quadra se destacam nas categorias de base do clube. Com apenas 14 anos, o zagueiro Kaiky Fernandes caminha para seguir os passos de outros grandes jogadores da posição revelados na base do Peixe, como Alex, Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo.

O jogador já é titular do time sub-17 na disputa do Campeonato Paulista da categoria e figura carimbada nas convocações da Seleção Brasileira desde o ano passado. Na última semana, Kayky Fernandes foi capitão do Brasil nas duas vitórias diante do Uruguai (2 a 1 e 3 a 1) em amistosos disputados em Montevidéu.

No Santos desde os 8 anos, Kaiky foi descoberto na equipe de futsal do Portuários, tradicional clube santista.

“Estava jogando o campeonato metropolitano pelo Portuários e nosso time estava perdendo por 3 a 0, mas fui feliz de fazer 3 gols e empatar a partida. Quando saí do jogo meu pai disse que o Índio (então treinador do salão do Santos) me chamou para fazer um teste. Fiquei feliz com a notícia, fiz o teste, passei e estou no Santos até hoje”, contou o garoto ao DIÁRIO.

Pular etapas não é novidade para Kaiky. Com 14 anos, ele já era convocado para a Seleção Sub-15 e titular do Santos na categoria. Agora, já enfrenta jogadores até dois anos mais velhos e dá conta do recado. O Peixe tem 100% de aproveitamento no Paulista da categoria (11 jogos e 11 vitórias).

“Tive uma oportunidade de jogar pelo sub-17 e agarrei com todas as minhas forças. Isso representa muito para mim. Jogar duas categorias acima, ainda mais no Santos, te dá muita experiência, maturidade. Os jogos são muito diferentes, a pegada é outra. Estou feliz, mas procuro evoluir sempre mais”, afirmou.

Na semana passada, Kaiky teve mais uma prova de fogo. Capitão e titular da Seleção Brasileira Sub-15 em dois jogos contra o Uruguai, time tradicionalmente muito valente e raçudo, na cada do rival. E ele teve duas atuações muito seguras, consolidando seu nome para o sul-americano da categoria, que acontecerá no segundo semestre.

“Foi uma experiência inesquecível. Saber que tantos ídolos já passaram por ali, ainda mais como capitão, dá uma responsabilidade muito grande e boa ao mesmo tempo”, afirma.

Kaiky Fernandes acredita que seu estilo é parecido com o do espanhol Sérgio Ramos, mas ele também tem outros ídolos e mostra muita maturidade ao falar sobre eles.

“Meu ídolo é o Sérgio Ramos por ser um jogador muito bom em vários aspectos. Exemplos no futebol tenho muitos, como o Cristiano Ronaldo, pois ele é a prova de que se juntarmos talento com competitividade, disposição, trabalho duro e foco nós teremos conquistas. E atualmente na minha posição admiro muito o Van Dijk (Liverpool) e o De Ligt (Ajax)”, explica.

“Meus objetivos principais são chegar ao profissional do Santos e continuar representando meu pais até o profissional”, completa.

Zagueiro Kaiky Fernandes comemora gol pelas categorias de base do Santos (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)