Clássico dá ao Santos seu maior lucro no Campeonato Brasileiro

Por | 2018-10-15T18:17:16+00:00 15 de outubro de 2018, 19:00 |

O clássico contra o Corinthians teve mosaico no Pacaembu (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

O clássico contra o Corinthians, no sábado, não foi bom para o Santos apenas por causa da vitória por 1 a 0 sobre o rival, resultado que deu ao time alvinegro mais força na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América. O Peixe também comemorou um triunfo fora de campo: a renda líquida obtida na partida, disputada no Pacaembu, foi a maior do clube no Campeonato Brasileiro.

O público pagante do clássico foi de 26.428 pessoas, o que gerou a renda bruta de R$ 778.974,50. Com um total de despesas de R$ 411.131,01 (o maior gasto foi com o aluguel do estádio, R$ 100.352,00), o Santos colocou em seus cofres R$ 367.843,49. Assim, o clube obteve um lucro um pouco maior do que no outro clássico que fez no Pacaembu pelo Brasileirão, contra o Palmeiras – R$ 325.473,81.

O lucro alcançado com o jogo de sábado foi bom, mas assim mesmo ficou bem distante da maior renda líquida do Peixe em 2018. A marca pertence a outro clássico contra o Corinthians, também no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, em que 34.448 santistas compraram ingresso para ver o empate por 1 a 1, gerando um lucro de R$ 665.470,66.

Esses números reforçam a ideia de que o Santos faz bem ao mandar jogos de grande apelo no estádio mais tradicional de São Paulo, e não na Vila Belmiro. Nas 17 partidas realizadas na Vila nesta temporada, a maior renda líquida foi de R$ 264.362,65 (contra o Estudiantes, pela Libertadores). Ou seja, cerca de R$ 100 mil a menos do que o Peixe lucrou no sábado.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

3 Comentários

  1. Leandro 15 de outubro de 2018 em 19:54 - Responder

    Provinciano passa mal.

  2. Marcos cardoso 15 de outubro de 2018 em 20:05 - Responder

    Reclama agora cuca!

  3. Floreal 16 de outubro de 2018 em 10:46 - Responder

    Só, esses come dorme, que não vê que os jogos tem que ser em SP, com um tempo ruim em pleno feriado. Se fosse em Santos com tempo ruim máximo 8 mil pessoas. Mas que reclama: os amigos do alemão, os amigos do MT, que levam a cada jogo centenas de ingressos cortesias, para esses come dorme da cidade.

Deixar um Comentário