Cueva estreia bem e Everson só assiste. Veja as notas do Peixe

Por | 2019-02-09T19:13:03+00:00 9 de fevereiro de 2019, 19:13 |

O meia Cueva teve uma boa atuação na sua primeira partida com a camisa do Peixe (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)

Como o técnico Jorge Sampaoli poupou diversos titulares na partida deste sábado, diante do Mirassol, o goleiro Everson e o meia Cueva fizeram suas estreias com a camisa do Santos. O primeiro apenas assistiu ao jogo, mas o segundo mostrou que poderá ajudar a equipe durante a temporada. Confira a avaliação do DIÁRIO:

Everson – Não foi exigido nem com os pés e nem com as mãos. Estreia tranquila do goleiro do Peixe. Nota 6

Matheus Ribeiro – Teve uma oportunidade e mostrou bastante vontade, mas não conseguiu ser produtivo. Nota 5

Felipe Aguilar – Como o Mirassol pouco atacou, o zagueiro não teve muito trabalho e teve uma atuação segura. Nota 5

Luiz Felipe – Sentiu uma lesão logo nos primeiros minutos e deixou o campo. Sem nota

Gustavo Henrique – Sem trabalho na defesa, arriscou algumas subidas ao taque. Em uma delas, sem querer, evitou gol de Cueva. Nota 5,5

Orinho – Mais uma oportunidade desperdiçada pelo lateral. Atuação bastante discreta. Nota 4,5

Yuri Lima – Se o Santos gosta de ter a bola, a criação das jogadas deveria começar com o volante. Não começou. Nota 5,0

Diego Pituca – Mais uma atuação eficiente. Ajudando na proteção aos zagueiros e aparecendo no ataque para tentar ajudar os companheiros. Nota 6,5

Jean Mota – Mais uma vez um dos destaques do Peixe. Começou algumas das principais jogadas ofensivas da equipe e fez o gol da vitória do Peixe, o quinto dele no Paulistão. Nota 7,0

Cueva – Mesmo sem ritmo de jogo, participou bem da partida e mostrou que poderá ser muito útil ao time. Nota 6,5

Carlos Sánchez – Entrou bem, teve uma chance de gol e iniciou a jogada do gol da vitória do Peixe. Nota 6,0

Soteldo – Não foi a tarde do Pequeno Polegar. Perdeu um gol incrível no segundo tempo. Nota 5,0

Eduardo Sasha – Outro que não aproveitou a oportunidade. Atuação bastante discreta, pouco contribuiu com o time. Nota 5,0

Derlis González – Entrou e deu muito mais força para o ataque do Santos. Fez a jogada do gol da vitória. Nota 6,5

Jorge Sampaoli – Poupou muitos titulares e soube mexer com o time no intervalo. Equipe no segundo tempo teve uma postura totalmente diferente do primeiro e foi premiada com o gol. Nota 6,5

 

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Um Comentário

  1. Dinho 9 de fevereiro de 2019 em 19:42 - Responder

    Santos tá mostrando um futebol excepcional….

Deixar um Comentário