Direito de imagem: Santos paga dívida que tinha com atletas

Por | 2019-01-12T13:28:24+00:00 12 de janeiro de 2019, 14:15 |

O paraguaio Derlis González é um dos atletas que recebe parte de seus vencimentos por meio do direito de imagem (Crédito: Ivan Sorti/Santos FC)

O Peixe estava devendo parte do salário de alguns jogadores há quase três meses, mas esse débito foi quitado na última sexta-feira. Alguns atletas, os que têm os vencimentos mais altos, casos de Sánchez e Derlis González, por exemplo, recebem uma parte de seus recebimentos por meio do direito de imagem e é essa parcela que o clube estava devendo. A informação do fim da dívida foi publicada primeiramente pelo site Gazeta Esportiva e confirmada pelo Diário do Peixe.

A estratégia de trabalhar desta forma é muito utilizada pelos clubes para que se pague menos imposto. Os jogadores que recebem direito de imagem também estão no regime CLT, mas ganham a maior parte de seu ordenado pelo outro meio.

Segundo um cartola do clube, em todo o ano de 2018 o Peixe manteve sempre os seus pagamentos em dia, atrasando os ordenados apenas um mês devido problemas administrativos internos, não por falta de dinheiro. Sobre o pagamento do direito de imagem, seriam poucos os jogadores que recebem uma quantia desta forma, e ele afirma que alguns desses atletas têm acordado com o Peixe que esse pagamento poderia até ser feito trimestralmente.

Financeiramente o Santos não vive seus melhores momentos. Com pouco fluxo de caixa, o clube está encontrando dificuldades para contratar no mercado inflacionado. O Peixe ainda não anunciou reforços para a temporada, sendo o único clube que disputa a série A do Campeonato Brasileiro que não apresentou novidades para a sua torcida.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

2 Comentários

  1. Celso Gonçalves 12 de janeiro de 2019 em 15:53 - Responder

    Só acho que SANTISTA MESMO deve menos criticar e mais AGIR. Mais um ano sem título vai amargar… mas com certeza no próximo, teremos…
    Estávamos acostumados com títulos frequentemente, agora chegou o momento da reforma. Vamos torcer para que o Peres aprenda mais em pouco tempo…

  2. Leandro 12 de janeiro de 2019 em 15:56 - Responder

    Não pagou nem tudo, nem todos?!!!
    Tomem vergonha na cara ou teremos mais um ano de atletas bem acostumados com um time sem brilho e vontade, acostumados em perder.

Deixar um Comentário