Entenda o motivo da ausência de Rodrygo no jogo de quarta

Por | 2018-06-12T16:42:34+00:00 12 de junho de 2018, 16:35 |

O atacante Rodrygo está negociado com o Real Madrid por 40 milhões de euros para o Santos (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)

O atacante Rodrygo deixou a concentração do Santos na manhã desta terça-feira e deve desfalcar a equipe na partida desta quarta-feira, contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Entenda o caso.

O acordo

O Santos já chegou a um acordo com o Real Madrid para a transferência do atacante Rodrygo ao clube espanhol por 45 milhões de Euros. O Peixe vai ficar com 40 milhões de euros, o valor referente aos 80% do valor da multa rescisória a que o clube tinha direito. O jogador abriu mão de parte dos 20% a que tinha direito. Rodrygo vai ficar no Santos até junho de 2019.

O atraso

Os clubes chegaram a um acordo para que Rodrygo assinasse o contrato após o treino desta terça-feira, participasse de uma entrevista coletiva para anunciar a transferência e depois viajasse para o Rio de Janeiro para se integrar ao elenco para o jogo contra o Fluminense. No entanto, em reunião do Comitê de Gestão na noite de segunda-feira, o Santos pediu uma premiação caso Rodrygo seja eleito o melhor jogador do mundo, entre outras coisas. O novo contrato só chegou no meio da tarde desta terça-feira. Segundo o presidente, ele foi enviado ao Comitê de Gestão, ao Conselho Fiscal e ao Conselho Deliberativo.

O temor

Como o contrato não foi assinado no horário combinado, o estafe do jogador teme que uma possível lesão possa atrapalhar a transferência de Rodrygo para o Real Madrid. O caso do atacante Luizão foi usado como argumento para a retirada do jogador da partida contra o Fluminense. O ex-atacante do Corinthians estava praticamente negociado com o Borussia Dortmund, da Alemanha, mas sofreu uma lesão no joelho em uma partida contra a Portuguesa e a negociação não aconteceu.

Joga ou não

O Santos ainda corre para conseguir todas as aprovações da nova minuta do contrato. Se tudo correr como o esperado, o jogador assina o vínculo ainda nesta terça-feira ou na manhã de quarta, faz um seguro e viaja para o Rio de Janeiro para defender o Peixe contra o Fluminense.

 

 

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

3 Comentários

  1. Armando Pinto 12 de junho de 2018 em 17:57 - Responder

    Nem precisa jogar mais pelo Santos… vai ficar com medinho de colocar o pé na bola… já se manda logo pra Espanha, com os riquinhos prepotentes!!! Que nível chegou nosso futebol… mero criador para vender aos gringos, que acham que têm o melhor futebol do planeta, e não criam um único jogador sequer! Até o Egito tem jogador criado no país… o que seria desses times sem dinheiro???? Só garganta e prepotência e esses jogadores brasileiros, mercenários por natureza, só pensam em encher os bolsos cada vez mais cedo…

  2. Mário Roberto 13 de junho de 2018 em 02:08 - Responder

    Se a FIFA se preocupasse em fortalecer o futebol em todos os continentes, e não só na endinheirada Europa, colocaria 21 anos como idade mínima para transferências, assim o jogador, além de adquirir maturidade e ir melhor preparado para a Europa, criaria identificação muito maior com o Clube formador e com a Seleção e tornaria muito mais atrativo os Campeonatos Nacionais e Sulamericanos, que gerariam receitas melhores para todos os Clubes. Mas a FIFA e também os acéfalos dirigentes brasileiros, que não lutam para mudar isso, preferem manter o Futebol Brasileiro como colônia da Europa. Por isso a Seleção desperta cada vez menos interesse.

  3. Francisco Matera Neto 13 de junho de 2018 em 09:39 - Responder

    Presidente muleque, se combinou cumpre. Pelas informações tudo foi combinado entre o procurador e o Santos, para o Rodrigo jogar contra o fluminense. Se for assim mesmo, Perez, cumpra o combinado. Amador.

Deixar um Comentário