Rwan é jogador em definitivo do Ludogorets, da Bulgária (Crédito: Divugalção)

O atacante Rwan Cruz, envolvido na compra do Santos pelo volante Nonato, assinou com o PFK Ludogorets (Bulgária). O centroavante estava emprestado ao time búlgaro desde junho do ano passado e o novo vínculo em definitivo é válido até junho de 2027. Nonato pertercia ao Ludogorets enquanto o Rwan ao Peixe, o empréstimo de ambos acabaria no segundo semestre e os clubes fizeram a troca.

“Estou muito feliz, me adaptei muito bem ao clube e venho evoluindo a cada dia. Espero construir minha história e gravar o meu nome por aqui. Desde que eu cheguei eu recebi muita confiança da comissão técnica e espero retribuir dentro de campo. Estou muito contente. Temos jogos importantes daqui em diante, a final da Supercopa da Bulgária, então a concentração é redobrada. Quero continuar focado no meu trabalho e conseguir ajudar o clube que tanto confiou em mim”, reforçou.

Na temporada, o Ludogorets está na segunda posição do Campeonato Búlgaro  se classificou para o mata-mata da UEFA Conference League, também na segunda posição. Rwan é dos destaques do time na temporada, participado de 29 jogos até aqui, tendo anotado nove gols e participado de outros três, com assistências.

HISTÓRICO

Natural de Pernambuco, Rwan tem 22 anos e começou jogando bola na zona sul de Recife. Ele jogou na escolinha do meu primo, Garoto do Futuro, projeto na minha comunidade, e conseguiu um teste no Náutico. O jogador precisava atravessar a cidade para chegar ao Centro de Treinamento do Náutico, que era na zona norte.

Sem ajuda de custo e com pouco dinheiro, a proposta para atuar no Sport foi mais interessante porque era no centro da cidade e eles ofereciam um auxílio. Ele chegava a pedir ao cobrador para entrar no ônibus pela porta dos fundos, de graça, por não ter dinheiro para a condução.

Em 2018 foi chamado para o Figueirense. Longe da família, ele sofreu adversidades no clube catarinense, chegando a dormir no estádio debaixo da arquibancada e não conseguiu assinar o contrato por problemas burocráticos. Ficou cerca de nove meses apenas treinando e vivendo uma frustação.

Na sequência, o atacante foi para o Flamengo de Guarulhos, chegou a atuar na Copinha 2020 e logo começou a pandemia. De volta para Recife, ouviu muitos conselhos para desistir e chegou a ajudar o pai como ajudante de pedreiro. A esperança parecia distante, mas o garoto recebeu uma ligação do Santos para realizar testes.

Chegou desacreditado no Santos e fez testes para as categorias Sub-20 e Sub-23. Mesmo aprovado, passou por outra frustação de espera pelo transferban que o Peixe passava e demorou a fazer sua estreia com a camisa do clube. Se destacou no ano de 2021 sendo artilheiros da equipe. Emprestado pelo Flamengo-SP, Rwan foi artilheiro do Sub-20 marcando 13 gols em 18 jogos, sendo titular em todas as partidas que atuou e somando 1547 minutos em campo.

Pelo Sub-23, foram 11 jogos e 3 gols marcados, sendo titular em seis partidas e somou 611 minutos em campo. A diretoria teve o pedido de prorrogação do empréstimo por mais um ano do atacante recusado e decidiu exercer o direito de compra pelo jogador. Foram R$ 700 mil por 70% dos direitos do atleta.

Destaque no vice-campeonato do Santos na Copinha de 2022, foi promovido ao profissional e teve 5 gols em 37 jogos. Depois, não ganhou espaço e chegou a ser emprestado ao Vasco antes da ida à Bulgária. Ele tinha vínculo até o final deste ano com o Peixe e multa rescisória de 50 milhões de euros para clubes do exterior e 100 milhões de euros para clubes do Brasil.

Leia também: