Everson se tornou titular absoluto no gol do Santos (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O goleiro Everson, do Santos, reconheceu que precisa evoluir em um quesito específico para se garantir como titular absoluto do Santos. Em entrevista à Rádio Transamérica, o camisa 22 explicou que precisa corrigir erros na saída de bola, justamente por gols de bola aérea que a equipe sofreu nesta temporada.

“Sim (precisa melhorar), até pelos gols que tomamos nos últimos jogos. Falta eu aprimorar, sim, mas o sistema defensivo como um todo também, se entender um pouco melhor. Mudamos a forma de marcação, era mista e individual, agora é mais zonal. Dificulta para mim e para os outros. Sei que errei em alguns gols, assumi responsabilidade no vestiário. Não sou culpado sempre, mas serei sempre responsável por eles. Cabe a nós trabalhar para minimizar erros e diminuir os gols de bola parada”, disse.

Além disso, Everson também falou sobre a oportunidade que teve de cobrar sua primeira falta com a camisa do Santos, na vitória sobre o Mirassol, por 3 a 1, na Vila Belmiro.

De acordo com o goleiro, o técnico Jesualdo Ferreira aprovou seu trabalho nos treinos, e disse que ele poderia bater faltas nos jogos oficiais, diferentemente do que aconteceu no ano passado, quando Sampaoli não permitiu que Everson se arriscasse tanto.

“Sampaoli não me deu tanta oportunidade, mas Jesualdo viu meu bom trabalho batendo falta e falou que liberaria. Liberou contra o Mirassol, foi bem próxima da grande área com barreira próxima, e não consegui. Sigo trabalhando para um dia fazer gol pelo Santos e entrar na história”, explicou.

Everson chegou ao Santos em janeiro de 2019, e demorou poucos meses até assumir a vaga de titular, que era do ídolo Vanderlei. Bancado por Sampaoli, o camisa 22 se firmou na posição, e a manteve neste ano, com Jesualdo. Nesta temporada, ele jogou 11 das 12 partidas do Peixe e sofreu nove gols.