Felipe Jonatan marcou contra o Ceará pelo Brasileiro (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

Lateral-esquerdo titular absoluto no Peixe, Felipe Jonatan vê Santos vivo na briga pelo G6 do Campeonato Brasileiro. Com uma maratona de três partidas em dez dias antes na final da Copa Libertadores, o jogador quer ver a equipe pontuar no Brasileirão. O Peixe visita o Fortaleza nesta quinta-feira (21).

“É óbvio que teremos o jogo mais importante dos últimos anos no dia 30 e não dá para apagar isso da cabeça, porém, ainda estamos vivos na briga pelo G6 do Brasileirão e não podemos largar isso. Nosso grupo já vem mostrando que é muito forte e essa partida com o Fortaleza será mais uma oportunidade para seguir brigando lá em cima, então vamos com tudo em busca dessa vitória.”

O Santos deve poupar alguns titulares para a partida diante o Fortaleza pela 31º rodada do Brasileiro. John, Pará, Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Marinho, Soteldo e Kaio Jorge sequer viajaram e ficaram em Santos trabalhando por uma melhor condição física. Felipe Jonatan deve começar entre os titulares.

Conheça o canal do Diário no Youtube! Clique aqui.
Siga o Diário do Peixe no Twitter e no Instagram!

O camisa 3 já atuou pela equipe do Ceará e nasceu no estado nordestino. No primeiro turno da competição, Felipe Jonatan marcou o gol da vitória santista por 1 a 0 sobre o Ceará na Arena Castelão. O lateral quer ajudar a equipe a conquistar mais três pontos e vencer uma partida “em casa”.

Jogar na minha cidade sempre é muito gratificante, né!? Sempre reencontramos alguns familiares e amigos. Infelizmente com a pandemia não será possível ver todo mundo, mas sempre que puder atuar no Castelão será um prazer enorme. Já pude vencer aqui duas vezes com o Santos e vamos lutar por outra vitória”

Depois do Fortaleza, Peixe ainda recebe Goiás e enfrenta o Atlético-MG fora de casa. Santos duela com o Palmeiras, no Maracanã, dia 30 de janeiro pela final da Libertadores da América. Será a partida mais importante dos últimos anos desde a conquista do Tricampeonato da Competição Sul-Americana em 2011.