Ídolo do Santos, Juary deixa o comando do Sub-13

Por |2021-07-20T16:08:03-03:0020 de julho de 2021, 16:08 |

Juary estava no comando do Sub-13 do Santos (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

O Santos segue fazendo mudanças dos técnicos e na estrutura das categorias de base do clube. Um dos ídolos do Peixe, Juary deixou o comando do Sub-13 nesta terça-feira e passa a ser o quinto treinador a deixar de assumir uma categoria do Peixe.

Aos 62 anos, Juary atuou em 229 jogos pelo Alvinegro e marcou 101 gols. Ele voltou ao clube no final do ano passado durante a gestão de transição de Orlando Rollo.

No Sub-15, que não está com treinos presenciais, Flávio Antunes, o Flavinho, também não é mais o técnico, mas permanecerá no Santos. O novo treinador será Raphael Bahia. Após a eliminação na primeira fase do Campeonato Brasileiro Sub-17, Elder Campos deixou o comando da equipe. O novo treinador é Gabriel Bussinger, ex-Avaí.

Aarão Alves e do seu irmão, André, foram demitidos comando do Sub-20 e Rodrigo Chipp, que estava como auxiliar no Sub-23, assumiu a equipe. Ele terá Elder Campos, que estava no comando do Sub-17, como seu auxiliar. Edinho, filho do Rei Pelé, deixou o comando do Sub-23 e o Santos aguarda a resposta de Maurício Copertino para assumir o cargo

Outra mudança foi a demissão do supervisor geral da base, Ricardo Occhiuto. Contratado em abril para voltar ao clube por indicação do ex-membro do CG José Renato Quaresma, Occhiuto chegou a viajar com a delegação profissional para a partida contra o The Strongest, na Bolívia, mas foi desligado por decisão administrativa. O Peixe também contratou Rodrigo de Carvalho para o cargo de coordenação de captação.

9 Comentários

  1. André 20 de julho de 2021 em 16:39- Responder

    Pode esperar vai chegar alguém da região Sul, muda a direção mas a forma de trabalhar é a mesma, o Santos por uma das maiores vitrine do mundo, sempre vai ser administrado por empresários e dirigentes ligado a eles!!

  2. Carlos Eduardo 20 de julho de 2021 em 16:45- Responder

    Juary, eternamente grato pelas várias tardes no Morumbi em que gritei da arquibancada: “Chupa Valdir, é gol de Juari”. Foi na verdade o primeiro Menino da Vila, quando um time do ataque de baixinhos infernais (Nilton Batata, Juari e João Paulo) foi campeão paulista de 78. Centroavante rapidíssimo é que foi o carrasco do São Paulo em muitos jogos. Está na história do Santos. E olhe que estar na história gloriosa do Peixe não é fácil.

  3. Eduardo 20 de julho de 2021 em 18:04- Responder

    Muitas saudades dos meninos da vila osantastico o show da vila o Juari nao deu pra analizar o trabalho pois entrou a pandemia e ninguem mais soube nada do sub 13 estao todos em casa.
    Juari seja feliz que Deus lhe proteja a voce e a sua familia.

  4. Gusmão 20 de julho de 2021 em 18:12- Responder

    Quanta diferença quem viu Juari jogar e vê Hoje esses pés de ratos um bando em campo andando de um lado pra outro e não vai pra lugar nenhum sem criatividade sem vontade de jogar um de joguinho de Nutellas do caramba.
    Juari eterno jogou muito só quem viu que sabe oque to falando isso sem falar do elenco da época…!

  5. MARCELO ROGNER MACHADO 20 de julho de 2021 em 19:32- Responder

    Gostaria de saber , quem foi o gênio mandou o Juary embora, ídolos como ele tem sempre que ser aproveitado, com certeza isso não partiu do Presidente, mas cai nas costas dele, peço que o Presidente reveja isso, se ele não pode ser técnico que fique como olheiro, para captar novos jogadores para base, não entregue a jóia da coroa para forasteiros
    sem história no clube, valorize quem tem competência e que ama o clube, como ele disse na eleição que ouviria os sócios, espero ser ouvido.

    • Gusmão 20 de julho de 2021 em 20:07- Responder

      Foi o mesmo gênio da lâmpada que deu a camisa 10 pro adolescente Pirani…!

  6. Milton 20 de julho de 2021 em 20:17- Responder

    Muda a presidência, acontecem mudanças de algumas peças.
    Fato normal por vários motivos e não é novidade.
    Espero que haja melhora, como tem ocorrido até agora nos rumos da presidência do clube.

  7. Medeiros Jr 20 de julho de 2021 em 21:04- Responder

    Juary, primeiro e eterno menino da vila, quantas saudades dos teus gols. Espero que alguém perceba que o nosso Santos precisa de ídolos com a sua competência e amor pelo clube para trabalhar com a garotada.

  8. Paulo Rogerio Sgariboldi 21 de julho de 2021 em 10:07- Responder

    Boa Gusmão

Deixar um comentário

Ir ao Topo