Jair prega cuidado: “Querem colocar água no nosso chope”

Por | 2018-04-14T12:48:29+00:00 14 de Abril de 2018, 11:30 |

Jair Ventura cita vontade de encerrar tabu de 12 anos (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O clima festivo do Pacaembu não vai entrar em campo. Pelo menos é isso o que garante o técnico Jair Ventura. O Peixe receberá o Ceará neste sábado, data do aniversário do clube, na estreia no Campeonato Brasileiro, às 21h. Antes da partida, às 11h, as Sereias enfrentarão a Portuguesa no mesmo estádio e, durante toda a tarde, o Peixe promoverá eventos do “Santos Day”. Além disso, o jogo marcará a estreia do novo uniforme santista, apresentado na última quinta-feira.

“Não dá (para combinar com o Ceará). Tem de ver o jogo e deixar as coisas externas de fora, a gente tem de se preocupar com campo e bola. Um treinador que tive falava que o estádio ficava vazio no apito do árbitro. Fazendo o melhor, conseguimos conciliar essa linda festa, desde as Sereias, com tudo em volta, o dia marcante, mas o Ceará vem com vontade, querem colocar água no chope. Temos de tratá-los com respeito, equipe campeã, time pesado em termo de jogadores. Costumamos menosprezar pelo investimento, mas o Ceará montou um time competitivo. Vai dar trabalho.”

Sem um camisa dez desde o início do ano, Jair parece ter encontrado em Rodrygo seu meia. O jovem atleta, que foi eleito a revelação do Campeonato Paulista, chegou a desempenhar a função na base e agradou ao técnico quando jogou no setor. No entanto, Rodrygo demonstrou cansaço e altos índices do exame de CK – que prevê o risco de lesão de um atleta. Por isso, Jair não garantiu o jogador como titular.

“É uma joia. Tecnicamente é um jogador incontestável, mas é um menino e ainda tem dificuldade de sustentar 90 minutos. Tecnicamente, seria titular desde o início. É responsabilidade do treinador, por isso nem sempre fazemos o que todo mundo quer. É importante tratar a todos da mesma maneira, não só o Rodrygo, como o Renato. Colocamos quem está melhor. Treinador nunca vai colocar quem acha que não está melhor.”

Mesmo com o técnico despistando, Rodrygo deve ser titular na partida. A dúvida de Jair é se ele jogará pelo centro do campo ou como um ponta. Se a primeira opção for a escolhida – e essa é a tendência -, Arthur Gomes será titular. Já se a segunda opção for a campo, Jean Mota e Léo Cittadini brigarão pela vaga.

 

 

Deixar um Comentário