“Meritocracia” vai definir time para o clássico, diz Jair

Por | 2018-07-11T16:52:42+00:00 11 de julho de 2018, 16:52 |

Jair não poderá contar com Diego Pituca, suspenso, e testou Yuri na posição durante amistosos (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

Mais do que apenas amistosos, as partidas da intertemporada no México, contra Monterrey e Querétaro, serviram para o técnico Jair Ventura testar novos esquemas táticos e dar oportunidade para novos jogadores. O treinador disse que irá usar a meritocracia para definir a escalação da próxima partida do Peixe.

No retorno ao Campeonato Brasileiro, o Santos terá pelo frente o clássico contra o Palmeiras, dia 19, às 20h, no Pacaembu. Perguntado sobre uma formação com quatro atacantes, que chegou a ser treinada durante a pausa para Copa do Mundo, Jair lembrou as lesões e dificuldades na frente.

“Tudo é possível. Analisei o primeiro jogo e vou analisar o segundo. Dentro da meritocracia e da minha avaliação, vamos achar o melhor time para encarar o Palmeiras. Estamos com dificuldade de atacantes, muitos lesionados e Bruno não veio. Não temos um 9, só o Yuri, um garoto fantástico. Gabigol e Sasha quebram galho. Yuri treinou muito bem, coloquei ele um pouco antes. Temos o Diego Cardoso, mas não está no mesmo ponto dos demais.”

No último jogo, o Santos foi a campo com um meio formado por Yuri, Diego Pituca e Jean Mota, com Copete, Rodrygo e Eduardo Sasha na frente. Sem Alison e Gabigol, que ficaram no Brasil, além de Bruno Henrique, liberado para ver o nascimento do filho, a escalação para o clássico deve ser bastante diferente.

“Meu foco era no Querétaro, estudamos os três zagueiros, antes era 4-2-3-1 e ficamos em dúvida. Soubemos o time pela imprensa e bateu com o que preparamos. Agora é pensar no Palmeiras. Penso no jogo a jogo e sempre no próximo adversário”, disse Jair.

O técnico já sabe que não poderá contar com Diego Pituca, suspenso. Alison, com uma entorse no tornozelo esquerdo, e Gabigol, com dores no púbis, ainda são dúvidas. Bruno Henrique não deve ter problemas em participar do jogo. Nesta quarta-feira Jair ganhou o tão sonhado meia: o Peixe anunciou o acerto com o costarriquenho Bryan Ruiz, mas ele não deve estar à disposição para o clássico.

 

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Um Comentário

  1. Clecio 11 de julho de 2018 em 18:09 - Responder

    Meritocracia se for assim entramos com apenas 4 jogadores em campo … Vanderlei… Rodrygo .. Bruno Henrique…e Pituca o Resto tá encharcando. A posicao

Deixar um Comentário