O volante Diego Pituca foi um dos destaques do Santos no empate contra o Mirassol (Crédito: Ivan Storti/SantosFC)

Com muitos reservas em campo, o Santos errou muitos passes, perdeu gols e venceu o Mirassol por 1 a 0 apenas com um gol marcado pelo meia Jean Motta no último lance do jogo deste sábado, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Peixe manteve a liderança do grupo A, com 15 pontos ganhos. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Guarani, dia 18, também no Pacaembu. Antes, porém, o Santos irá fazer sua estreia na Copa Sul-Americana, terça-feira, contra o River Plate-URU, fora de casa.

Foi justamente pensando no compromisso de terça-feira que o técnico Jorge Sampaoli poupou diversos titulares na partida deste sábado. Com isso, o goleiro Everson e o meia Cuevas fizeram as estreias pela equipe, mas no primeiro tempo o time, sem entrosamento, errou muitos passes e não conseguiu criar chances de perigo.

O cenário no segundo tempo foi diferente. Logo aos dois minutos, Cueva deu bom passe para Jean Mota, que bateu da entrada da área, o goleiro Tiago Cardoso rebateu e Eduardo Sasha soltou a bomba, mas novamente parou no camisa 1 do Mirassol. Aos quatro minutos, Jean Mota deu indo lançamento para Soteldo, quer cruzou para Cueva. O peruano dominou no peito com estilo e soltou a bomba, mas acertou o zagueiro Gustavo Henrique.

O Santos perdeu um gol feito aos 20 minutos. Jean Mota recebeu na esquerda da área e cruzou, a bola sobrou limpa para o venezuelano Soteldo, que chutou sem goleiro, mas errou o alvo e perdeu um gol incrível.

Aos 30 minutos, Diego Pituca recebeu na entrada da área e chutou colocado, mas a bola passou raspando a trave do goleiro Tiago Cardoso. Aos 44, Carlos Sánchez recebeu na área e soltou uma bomba, mas Tiago Cardoso fez outra boa defesa. Aos 47, Derlis González fez boa jogada na entrada da área e soltou uma pancada, mas o camisa 1 do Mirassol fez grande defesa e evitou o gol do Peixe.

No último lance, Derlis González fez grande jogada pela direita, chutou cruzado, a bola ficou dividida dentro da pequena área e Jean Mota apareceu para tocar para o gol. Foi o quinto gol dele no Paulistão.

SANTOS 1 X 0 MIRASSOL

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Douglas Marques das Flores

Gol: Jean Mota, aos 49 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Lelê, Riccieli, Felipe Aguilar

SANTOS
Everson, Matheus Ribeiro, Felipe Aguilar, Luiz Felipe (Gustavo Henrique, aos sete minutos do primeiro tempo) e Orinho; Yuri Lima, Diego Pituca, Jean Mota e Cueva (Carlos Sánchez, aos 19 minutos do segundo tempo); Soteldo e Eduardo Sasha (Derlis González, aos oito minutos do segundo tempo). Técnico: Jorge Sampaoli

MIRASSOL
Tiago Cardoso, Daniel Borges, Leandro Amaro, William Alves e Carlos Renato; Riccieli, Léo Baiano e Wellington Simião; Jean Carlos (Maílton, aos 37 minutos do segundo tempo), Lelê (Carlão, aos 15 minutos do segundo tempo) e Rodolfo (Zé Roberto, aos 21 minutos do segundo tempo). Técnico: Moisés Egert