Lucas Veríssimo atuou em apenas 33 jogos da equipe no ano passado (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

Não foi dessa vez que o zagueiro Lucas Veríssimo foi liberado para voltar a atuar pelo Santos. O defensor passou por reavaliação em São Paulo na última quinta-feira e seguirá em tratamento por mais três semanas. O atleta tem um estiramento no ligamento cruzado do joelho direito e não tem data para iniciar a transição para que possa regressar aos gramados.

Veríssimo atuou em apenas um jogo nos últimos cinco meses e foi atormentado por lesões na temporada passada. A última, esse estiramento, provocou uma crise no Departamento Médico do Santos que acarretou o pedido de demissão do médico Carlo Alba e também do chefe do departamento Jorge Merouço.

O zagueiro chegou a abdicar das férias em dezembro para seguir se tratando no DM santista, mas a lesão, a princípio tratada como simples, não se curou e Veríssimo não chegou nem a treinar em campo com o técnico Jorge Sampaoli.

Assim, se a previsão se confirmar, Veríssimo deve perder ao menos as seis primeiras rodadas do Campeonato Paulista. O jogador deve seguir o tratamento e realizar um fortalecimento para ser reavaliado no início fevereiro. Na ocasião, se liberado pelos médicos, iniciará a transição para o gramado.