Maicon valorizou a força da Vila Belmiro (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos foi denunciado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por conta da invasão de torcedores na Vila Belmiro e pela tentativa de agressão ao goleiro Cassio, do Corinthians, acontecimentos que ocorreram no jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil.

O zagueiro Maicon comentou sobre a possibilidade de perder à Vila na sequência do Campeonato. O Peixe pode ser punido no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Ele é baseado em punições de desordens na praça desportiva.

“Claro que se a gente levar uma punição, para nós jogadores e clube, é sempre complicado, porque a Vila é nossa casa, onde teoricamente temos mais poder. Vamos torcer para que isso não aconteça. Mas acho que a Vila é um Alçapão mesmo, melhor do que fora de casa, normal”, afirma. 

O camisa 33 santista valorizou a força da Vila Belmiro e citou jogos contra equipes fortes em que o Peixe jogou de “igual para igual”, mas, não venceu.

“Eu não acho que a Vila Belmiro deixou de ser um caldeirão como muita gente fala. Sabemos que temos um time jovem, porém vemos na Vila bons jogos, contra Palmeiras, Flamengo, Fluminense, quando batemos de igual para igual contra grandes adversários. Mas acho que fizemos bons jogos na Vila. Nem sempre o resultado final é o que fizemos na partida. Mas temos tudo para fazer um bom segundo turno se não levar punição grande”, completou Maicon.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Peixe enfrentará o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), jogo marcado para próxima segunda-feira (8). O Alvinegro é o nono colocação na classificação, com 27 pontos ganhos.