Zagueiro Derick (esquerda) e lateral Cadu (direita) estouraram idade da base (Crédito: Reprodução)

O técnico Odair Hellmann comentou sobre a situação do zagueiro Derick e do lateral-direito Cadu em entrevista ao programa Domingo Esportivo, da TV Santa Cecília, neste domingo (26). O treinador evitou falar sobre a situação contratual e de aproveitamento da dupla, mas reforçou a decisão do clube.

“O Cadu e o Derick estouraram a idade do Sub-20. Logo que começaram os treinos, o Derick desceu para jogar a Copinha. Ele ficou pouco tempo comigo e o Cadu da mesma forma. Não acompanhei o Cadu jogando. Quem deve dar uma posicionamento sobre projeção desses jogadores é o clube porque senão vira “treinadorismo”. Será que a minha opinião é mais importante do que a de profissionais que viram eles por dois, três anos?”, indagou.

“A base tem de passar um relatório ao Santos. O caso do Derick e o Cadu são avaliações maiores que o clube deve ter. O Derick teve pouco tempo, o Cadu está ali e eu posso dar uma opinião técnica, mas a posição maior é do cube. Se eu tomar a decisão deles está errado o processo”, completou.

Derick foi liberado pelo Peixe para procurar outros clubes e segue fora dos planos da equipe para a temporada. O defensor de 20 anos segue realizando trabalhos físicos de forma separada e tem contrato até final de março de 2026. O Menino da Vila chegou a fazer sua estreia no elenco profissional em 2020 na vitória sobre o Atlétic0-MG por 3 a 1 na Vila Belmiro pelo Brasileirão.

Enquanto Cadu tem sua renovação de contrato encaminhada por mais uma temporada. A lateral agradou com sua versatilidade atuando pelo meio no jogo-treino contra o Flamengo de Guarulhos. Por garantia, a ideia do clube é a prorrogação de vínculo por mais um ano. Ainda existe a possibilidade do jogador renovar e ser emprestado.

Leia também: