Joaquim e Gil formam a dupla de zaga titular do Santos (Crédito: Raul Baretta/Santos FC)

O Santos tenta uma sequência inédita, de três jogos, sem ser vazado na Série B do Campeonato Brasileiro. Em doze rodadas, a equipe do técnico Fábio Carille sofreu gols em sete partidas diante o Guarani, Amazonas, Ponte Preta, América-MG, Botafogo-SP, Novorizontino e Operário-PR.

O Peixe só não sofreu gols contra Paysandu e Avaí nas duas primeiras rodadas, na goleada sobre o Brusque, na sexta rodada, e nos dois últimos jogos contra Goiás e Mirassol. Nesta segunda-feira (01), recebe a Chapecoense na Vila Belmiro e quer seguir sem o goleiro Brazão ser vazado. Se conseguir, terá três duelos sem ser vazado e conseguirá a façanha defensiva no Brasileirão.

Em doze rodadas, são 19 gols marcados e 11 sofridos. Os artilheiros do Alvinegro na Série B são Giuliano e Bigode, ambos com três gols marcados. Além de Guilherme, Pituca e Morelos, que marcaram duas vezes cada, e Gil, Pedrinho, Chermont, Furch, Patati e Joaquim que marcaram uma vez cada. Além de um gol contra.

A equipe que mais marcou contra o Santos foi o Novorizontino (3), depois América-MG (2) e Botafogo-SP (2), Guarani (1), Amazonas (1), Ponte Preta (1) e Operário (1).

Veja a campanha do Santos na Série B do Brasileirão:

  • Santos 2 x 0 Paysandu – Pedrinho e Guilherme
  • Avaí 0 x 2 Santos – Chermont e Furch
  • Santos 4 x 1 Guarani – Guilherme, Pituca, Morelos e Giuliano
  • Amazonas 1 x 0 Santos
  • Ponte Preta 1 x 2 Santos – Giuliano e Gil
  • Santos 4 x 0 Brusque – Patati, Giuliano, Bigode e Morelos
  • América-MG 2 x 1 Santos – Bigode
  • Santos 1 x 2 Botafogo-SP – Joaquim
  • Novorizontino 3 x 1 Santos – Pituca
  • Operário 1 x 0 Santos
  • Santos 2 x 0 Goiás – GC e Bigode
  • Mirassol 0 x 0 Santos

Leia também: