Cuca vai comandar o Santos pela primeira vez na Libertadores (Crédito: Ivan Sorti/Santos FC)

O Santos recebe o Olimpia, do Paraguai, nesta terça-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América para tentar manter os 100% de aproveitamento e abrir vantagem na briga pela vaga nas oitavas de final da competição continental.

Preparando o time para o retorno da Libertadores, o técnico Cuca girou bastante o elenco nas últimas partidas. Teve desfalques por desgaste, lesão, suspensão e Covid. Ao menos dois nomes que não começaram jogando na última partida voltam e serão titulares na Vila Belmiro.

Felipe Jonatan, que cumpriu suspensão na última partida, pelo Brasileirão e Marinho, que ficou no banco, poupado, retornam ao time. Raniel já voltou ao CT, depois ficar afastado por Covid, mas não deve jogar. Kaio Jorge (Covid) e Luiz Felipe (lesionado) seguem sendo baixas.

As principais dúvidas de Cuca estão na lateral-direita, onde Pará e Madson brigam por uma vaga, e no comando de ataque, com Lucas Braga, Arthur Gomes e Marcos Leonardo disputando a posição.

Se vencer a partida, o Peixe chegará a nove pontos em três jogos, abrindo uma confortável vantagem de cinco pontos para o próprio time paraguaio. Delfín (Equador) e Defensa y Justicia (Argentina) são os outros dois times do grupo e se enfrentam na quinta. Os equatorianos tem um ponto e os argentinos nenhum.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X OLIMPIA

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Horário: 21h30
Árbitro: Leodán González (Uruguai)

SANTOS
João Paulo; Madson (Pará), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga(Arthur Gomes ou Marcos Leonardo) e Soteldo. Técnico: Cuca

OLIMPIA
Alfredo Aguilar; Sergio Otálvaro, José Leguizamón, Antolín Alcaraz, Iván Torres; Alejandro Silva, Nicolás Domingo, Richard Ortiz, Rodrigo Rojas; Roque Santa Cruz e Néstor Camacho (Derlis González). Técnico: Daniel Granero.