Renato é poupado de treino, mas deve viajar ao RJ

Por | 2018-06-12T12:28:24+00:00 12 de junho de 2018, 12:28 |

Jair Ventura pode ser demitido se não conseguir um resultado positivo contra o Fluminense (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O volante Renato não apareceu no gramado no treino desta terça-feira, último antes da viagem ao Rio de Janeiro, onde o Santos enfrenta o Fluminense, às 19h, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atividade teve apenas os 20 primeiros minutos abertos à imprensa, que pôde acompanhar apenas a roda de bobinho.

O volante foi poupado por opção da comissão técnica e realizou apenas um trabalho regenerativo na academia. Ele terminou a última partida, contra o Internacional no último domingo, desgastado e atuando quase como um centroavante, já que Jair Ventura foi obrigado a substituir Eduardo Sasha por contusão e ficou sem alterações para tirar o capitão.

Segundo a assessoria do Peixe, Renato não preocupa para a partida, mas se ele não estiver à disposição, Léo Cittadini é o principal candidato à vaga. O meia já foi titular com Jair Ventura, mas teve uma lesão e acabou perdendo a posição. No entanto, como Diego Pituca, hoje intocável, não é um primeiro volante de origem, Jair pode optar por ser mais conservador e escalar o volante Yuri ou até Guilherme Nunes na vaga.

Arthur Gomes e Yuri Alberto seguiram realizando trabalhos de transição para o gramado e estão fora. Daniel Guedes, Alison e Vitor Bueno treinaram normalmente e podem ser opção no banco de reservas. Sem Eduardo Sasha e diante da pressão por um resultado positivo, Jair Ventura deve optar por escalar Bruno Henrique, mesmo o atacante não podendo atuar os 90 minutos.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário