Renato quer no amistoso acertar parte tática e técnica

Por | 2018-07-09T23:15:51+00:00 10 de julho de 2018, 8:00 |

Renato, de 39 anos, é um dos líderes da equipe e jogador mais experiente do grupo santista (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos faz na noite dessa terça-feira, contra o Querétaro, do México, o seu último amistoso internacional antes do retorno do Campeonato Brasileiro. No dia 19 de julho, quinta-feira da próxima semana, a equipe enfrentará o Palmeiras, no Pacaembu, pelo campeonato nacional. E para sair de campo vitorioso no clássico, Renato, atleta mais experiente da equipe, quer o Peixe acertando detalhes táticos em campo no jogo diante dos mexicanos.

“(Contra o Querétaro será mais um jogo) Complicado, pois sabemos que eles vêm de pré-temporada, já para iniciar o torneio. Então pode ser que estejam um pouco na frente na parte física, mas esperamos fazer um bom jogo. Aquilo que sempre falei, procurar realizar a parte tática e técnica nesses jogos (amistosos) para que a gente possa já no confronto contra o Palmeiras estarmos bem acertados e sairmos com a vitória”, falou Renato.

O amistoso dessa noite entrará para a história de ambos os clubes, pois trata-se do primeiro confronto entre Santos e Querétaro. E Renato, que tem 412 jogos pelo Peixe, espera mais uma vez que o Santos seja recebido com muita festa pelos mexicanos.

Na partida do último sábado contra o Monterrey, o Peixe foi bastante festejado pelos torcedores e jogadores adversários. Após o término da partida, alguns jogadores do Monterrey trocaram camisas com os atletas santistas e até vestiram em campo o manto alvinegro. A derrota por 1 a 0 marcou o segundo confronto da história entre Santos e Monterrey. A primeira partida entre os clubes havia ocorrido em 1971, no México, e o placar foi de 1 a 1.

“O Santos por onde vai é sempre bem querido, sempre bem recebido. Esperamos que essa boa receptividade possa acontecer em Querétaro também. A gente sabe que o povo mexicano é apaixonado por futebol”, disse Renato, que no primeiro amistoso do clube foi o capitão da equipe.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Um Comentário

  1. João santista 10 de julho de 2018 em 16:27 - Responder

    A primeira e última coisa que o Renato deve acertar é sua aposentaria e sair do Santos.

Deixar um Comentário