Reserva dos reservas, Copete sente críticas: “Vem sofrendo”

Por | 2018-03-12T09:11:30+00:00 12 de março de 2018, 10:00 |

Copete foi reserva do time de reservas escalado por Jair no último domingo (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O atacante Jonathan Copete perdeu espaço no time de Jair Ventura. Titular praticamente desde quando foi contratado do Atlético Nacional, o colombiano vive talvez seu pior momento no Santos. Criticado pela torcida, Copete se tornou reserva desde o clássico contra o Corinthians, quando Rodrygo assumiu a posição de titular.

“Quando estamos há muito tempo em casa, sofremos críticas, pressão, e cada jogador responde de uma maneira. O Copete vem sofrendo com isso. Esperamos recuperá-lo, sei do profissionalismo e da entrega. Não está em bom momento, mas temos que recuperar”, revelou Jair Ventura em entrevista coletiva após a derrota para o São Bento, no último domingo.

Mesmo poupando todos os titulares diante do time do interior, Copete ainda permaneceu no banco de reservas e entrou apenas no decorrer do segundo tempo na derrota por 3 a 1. Jair optou por iniciar a partida com Diogo Vitor e Arthur Gomes abertos pelas pontas, na posição que o técnico gosta de chamar de externo.

A posição em que Copete joga é a mais concorrida no elenco do Peixe. Além dos dois já citados, o elenco ainda conta com os titulares Eduardo Sasha e Rodrygo, além de Bruno Henrique que está se recuperando de lesão e tem vaga garantida na equipe principal quando retornar.

O colombiano chegou a ser utilizado como lateral-esquerdo durante as partidas, já que a posição ainda não tem um dono, mas perdeu a concorrência dos improvisados para Jean Mota. A tendência é que, com o tempo, a vaga seja preenchida por Dodô, contratado junto a Sampdoria, da Itália.

Copete deve ficar no banco de reservas na partida desta quinta-feira, diante do Nacional, do Uruguai, pela Copa Libertadores da América, no Pacaembu.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário