Luan Peres pegou dois jogos de suspensão pela expulsão contra o Ceará (Crédito: Ivan Storti/Santos)

Nesta quarta-feira, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) confirmou a punição para Luan Peres por duas partidas de suspensão pela expulsão na partida contra o Ceará. Como já cumpriu a suspensão automática, o zagueiro vai desfalcar o Santos na partida do próximo doming, contra o Bahia, na Vila Belmiro. O volante Alison foi absolvido, a decisão foi em comum acordo pela maioria. Os atletas do Alvinegro foram à julgamento pelos cartões vermelhos que receberam na partida contra o Ceará, ainda em setembro.

Foi o terceiro julgamento colocado do caso. No primeiro, após a votação dos auditores, foi requisitada a presença da equipe de arbitragem da partida. No segundo julgamento uma falha na conexão com a internet fez com que fosse adiado mais uma vez e remarcado para esta quarta-feira.

Ainda no primeiro momento, Luan Peres chegou a dar sua explicação da situação:

“O Marinho estava no chão e o Samuel Xavier foi falar com o ele apontando o dedo. Eu fui para apartar, mas tive de saltar o Marinho e acabei empurrando ele”, explicou o zagueiro.

Após a explicação, o relator do processo, Rodrigo Raposo, havia concedido três partidas de suspensão e absolvição de Alison. Os auditores Eric Chiarello, Bruno Tavares junto ao presidente da 3ª comissão, Luís Felipe Procópio votaram pela absolvição de Alison e suspensão de duas partidas para Luan Peres. Já o auditor Claudio Diniz votou por duas partidas de suspensão para Alison e três jogos para Luan Peres.

As decisões do primeiro julgamento foram mantidas. Portanto, a punição tomada foi dada pelos votos da maioria.