Pedro Henrique pode ter sido escalado de forma irregular (Crédito: Anderson Stevens / Sport Club do Recife)

O procurador-geral da Justiça Desportiva do Futebol, Ronaldo Piacente, solicitou o posicionamento da CBF e do Sport sobre a escalação do jogador Pedro Henrique, da equipe de Recife, no Campeonato Brasileiro.

O atleta fez quatro jogos pelo Sport, mas quando estava no Internacional atuou em cinco partidas e levou cartão amarelo em dois jogos pelo Brasileiro, o que poderia caracterizar como sete jogos de participação efetiva do zagueiro. O regulamento da competição não permite atuação em outro clube da Série A depois de atuação em sete jogos.

A investigação envolve diretamente o Santos e outras equipes como Grêmio, Bahia e Juventude. O Sport é o antepenúltimo colocado com 27 pontos. O Peixe é o 15ª colocado com 29 pontos. O Leão pode até perder 14 pontos, o que colocaria a equipe já como rebaixada para a Série B e facilitando para o Alvinegro que busca a reabilitação na competição.

América, Chapecoense, Atlético-GO, Ceará, Cuiabá, Bahia, Juventude, Grêmio e Santos protocolaram um pedido de investigação sobre a presença do jogador na partida do Sport. O clube do Recife e a entidade máxima do futebol devem se manifestar em até três dias.

Na semana passada, o Sport recebeu um ofício assinado pelo Diretor de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Manoel Flores, dizendo que o clube de Recife não cometeu irregularidades na escalação do zagueiro do zagueiro Pedro Henrique.

“Entendemos que, no caso específico objeto da presente consulta, em razão da prevalência do REC, pelas razões acima descritas, deve ser considerada a atuação do atleta Pedro Henrique Alves Santana pelo Internacional em cinco partidas no Campeonato Brasileiro da Série A 2021, de modo que não há irregularidade em sua transferência ao Sport Club do Recife“, diz o texto do ofício.

Confira abaixo a comunicação enviada:

“De ordem do Dr. Procurador Geral Dr. Ronaldo Piacente, deste Superior Tribunal de Justiça, referente  ao processo nº311/2021 – Notícia de Infração – Requerentes: AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE FUTEBOL, ATLÉTICO CLUBE GOIANIENSE, CEARÁ SPORTING CLUB, CUIABÁ ESPORTE CLUBE LTDA, ESPORTE CLUBE BAHIA, ESPORTE CLUBE JUVENTUDE, GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE e SANTOS FUTEBOL CLUBE – Requerido: SPORT CLUB DO RECIFE, informo que através de despacho, abre-se vista para a Confederação Brasileira de Futebol e o Requerido se manifestarem no prazo de 03 (três) dias”.