Por divisão dos direitos, renovação de Kaio Jorge emperra

Por | 2018-11-07T14:57:26+00:00 7 de novembro de 2018, 14:55 |

Kaio Jorge esteve em campo em apenas uma partida no time profissional (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

A renovação de contrato com o atacante Kaio Jorge, de apenas 16 anos, está novamente distante. Após várias reuniões nas últimas semanas entre o presidente José Carlos Peres e o estafe do jogador as partes não conseguiram chegar a um denominador comum e a negociação emperrou.

A informação foi publicada pelo portal A Tribuna e confirmada pelo Diário do Peixe. O pai do jogador, Jorge Ramos, e o empresário, Giuliano Bertolucci, chegaram a ficar otimistas pelo negócio durante as conversas e antes do Peixe apresentar uma proposta oficial. Quando ela veio, não atingiu as expectativas do estafe do atleta.

O Santos ofereceu um salário considerado baixo e estipulou a mesma multa rescisória das outras promessas com quem renovou o contrato: 100 milhões de euros. Os números desagradaram o estafe do jogador, principalmente porque o Peixe não concordou em ceder uma parte dos direitos econômicos de Kaio Jorge em uma futura venda, ficando 100% para o Santos. A diretoria santista já sabia da vontade do estafe do atacante e chegou a estudar a possibilidade, mas não quis abrir exceção para o garoto.

Assim, a renovação que já teve altos e baixos, volta a ter um período de baixa. No início do ano, com atritos com a nova gestão, a assinatura do contrato ficou longe e culminou na não liberação do jogador para a Seleção Sub-17. Com a chegada do técnico Cuca e a promoção ao elenco profissional, estreando diante do Atlético-PR, as conversas voltaram a avançar e assim permaneceram até a primeira proposta oficial do Peixe.

Kaio Jorge segue no elenco da equipe profissional, mas sem ser relacionado. O Santos decidiu cortá-lo dos jogos até que sua situação contratual seja resolvida. Desde sua estreia, o atacante nunca mais ficou no banco de reservas. Já são cinco jogos fora da lista de relacionados.

 

 

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário