Jogador mais experiente do elenco, Sánchez desaprova atuação da equipe contra a Ferroviária (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos mais uma vez saiu de campo nesta temporada com um futebol que não agradou os seus torcedores. Na noite deste domingo, contra a Ferroviária, em Araraquara, empate em 0 a 0 e o time chegou a ouvir vaias das arquibancadas no final do jogo.

Na saída do gramado, o uruguaio Carlos Sánchez deu entrevista ao Première e deixou claro que a insatisfação também atinge os jogadores. O meia reclamou do time, que precisa melhorar.

“Faltou atitude. Não pode acontecer com time grande. Temos que trabalhar. Em uma partida difícil como hoje, temos que dar nosso melhor. Ainda falta. Seguimos querendo melhorar”, comentou o uruguaio

O Santos terá mais uma semana livre para trabalhar antes de entrar em campo pela próxima rodada do Campeonato Paulista. O Peixe enfrenta o Ituano, em Itu, no sábado de Carnaval. A equipe segue líder do grupo A do Estadual, com onze pontos conquistados, cinco a mais que a Ponte Preta, que joga nesta segunda-feira diante do Ituano e pode diminuir essa diferença se vencer.