O Santos de Sampaoli pode garantir vaga na Libertadores nesta rodada (Crédito: Ivan Storti/Santos FC)

Embalado por três vitórias seguidas (Bahia, Botafogo e Avaí), o Santos encara o Goiás neste sábado, às 17 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli tem a primeira chance de garantir a classificação para a Copa Libertadores de 2020 nesta rodada. Para isso, a equipe precisa vencer o jogo e torcer para o Corinthians não ganhar o clássico contra o Palmeiras e o Internacional não bater o Fluminense.

Para seguir com a boa fase, Sampaoli deve fazer apenas duas mudanças na equipe. A primeira delas é uma obrigação. O zagueiro Gustavo Henrique foi expulso diante do Avaí e terá de cumprir suspensão automática. Luan Peres, mais acostumado a jogar pelo lado esquerdo, deve ser o substituto.

No meio-campo, o treinador deve fazer uma mudança por opção. Titular contra o Avaí, Felipe Jonatan deve deixar o time titular. Ele deveria ser substituído por Evandro, mas o meia teve uma virose e não treinou nesta sexta. Com isso, Jean Mota pode ganhar uma chance.

No ataque, o Santos deve apostar mais uma vez no trio SMS (Sasha, Marinho e Soteldo). Os três fizeram os últimos seis jogos da equipe e são responsáveis por mais de 50% dos gols da equipe no Brasileirão.

O Goiás deverá ter três mudanças para enfrentar o Santos. O volante Yago Rocha, lesionado, e o atacante Rafael Moura, suspenso, estão fora. Em compensação, o zagueiro Fábio Sánchez pode voltar ao time após cumprir suspensão.

GOIÁS X SANTOS

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Horário: 17 horas

GOIÁS
Tadeu, Breno, Fábio Sánchez, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto, Yago Felipe, Léo Sena e Thalles; Michael e Leandro Bacia. Técnico: Ney Franco

SANTOS
Everson, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Jorge; Diego Pituca, Jean Mota e Carlos Sánchez; Marinho, Eduardo Sasha e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli