Esperando 2018 terminar

Por | 2019-01-08T10:24:01+00:00 8 de janeiro de 2019, 10:30 |

Se olharmos pelo calendário o ano de 2019 já começou e tem uma semana, mas, a sensação do santista é que ainda estamos lá em novembro, nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, nada a perder, nada a ganhar e nenhuma novidade. Não posso esquecer da audaciosa contratação de Sampaoli, mas creio que nem com toda sua competência conseguirá jogar em todas as onze posições. O que mais me preocupa, além da falta de contratações, é como o Santos consegue deixar o seu elenco insatisfeito.

Kaio Jorge é um exemplo claro. O atleta nem ao menos jogou no profissional e já tem divergências verbais e contratuais com a diretoria. Entendo a necessidade de querer manter ao máximo o elenco de 2018 – mesmo que não tenha sido vitorioso – mas precisamos pensar até onde será eficiente contar com os trabalhos de jogadores como Bruno Henrique, Dodô e Vanderlei desmotivados.

Não há dúvidas sobre a qualidade do futebol deles e a nossa triste realidade de não ter substitutos de qualidade para essas posições, porém, como continuar um empregado insatisfeito? E pior, como contratar novos com essa fama de despreparo, irresponsabilidade e descontentamento.

Ouvir do Presidente Peres que Bruno Henrique está em um leilão esperando por bons lances é tratar o jogador como um animal a vena, e, ao mesmo tempo, negar mais de 20 milhões é acabar com a esperança do jogador em sair dessa situação indesejada.

Nas redes sociais exaltamos as defesas e milagres de Vanderlei, mas internamente saem notícias da busca incessante por um novo goleiro. Dodô pede por números incabíveis dentro do futebol brasileiro, mas a demora para procurar o atleta e tentar um acordo intensificou sua possível saída. O mesmo aconteceu com Pituca e Bambu, quase perdemos o Diego (ainda sem nenhuma declaração oficial de sua permanência) e o Robson trocou o Santos para jogar em um time B do Paraná. Notícias que não se completam, declarações confusas e discrepantes, esse é o nosso começo de ano.

Miramos no Robinho, Gigliotti, Lindoso… a Turquia, o México e o Internacional acertam. Flamenguistas já contam com 4 titulares nossos do ano passado. Leandro Donizete, Rodrigão, Cleber Reis, Rafael Longuine e outros 9 nomes voltam de empréstimo. Daniel Guedes e Arthur Gomes foram os escolhidos para as primeiras coletivas do ano. Todos os times do Campeonato Brasileiro têm novas contratações…

Acaba logo 2019?

Prefiro acreditar que o 2018 santista ainda não acabou e boas surpresas estão por vir.

Boa sorte para nós.

  • Comentar via Facebook
  • Comentar via Diário
Carregando comentrios...

Deixar um Comentário